Anúncio

Governo apresenta 60° Mapa de Risco com Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves em risco moderado

Por Gislan Vitalino

Publicado em 18 de junho de 2021 às 18:35
Atualizado em 20 de junho de 2021 às 11:09

Anúncio

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (18), o 60º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência de segunda-feira (21) até o próximo domingo (27). Dos 78 municípios capixabas, cinco estão classificados como de risco alto, 58 como de risco moderado e 15 em risco baixo para a doença.

No novo mapa, os municípios de Anchieta e Guarapari estão classificados como em risco moderado. O município de Alfredo Chaves, que estava classificado como de risco alto para a doença, também passou ao risco moderado. Não há municípios classificados em Risco Extremo.

Confira as restrições para municípios classificados em risco moderado:

Comércio: segue funcionando sem restrições de horário ou dias, mas com limite de um cliente à cada 10 m² de área de loja; em shoppings, entrada deve ser limitada à proporção de uma pessoa a cada 22 m²;

Bares e restaurantes: bares, restaurantes, lojas de conveniência e distribuidoras de bebidas podem funcionar de segunda à sábado, de 7h às 22h e nos domingos de 7h às 16h. Os estabelecimentos devem respeitar o limite de um cliente a cada 5 m² e dois metros de distanciamento entre as mesas. O funcionamento de boates segue proibido.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO BAIXO: Baixo Guandu, Castelo, Colatina, Conceição do Castelo, Iconha, Itaguaçu, Jerônimo Monteiro, Mucurici, Muqui, Piúma, Ponto Belo, Santa Maria de Jetibá, São Domingos do Norte, São Roque do Canaã e Vila Pavão.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ecoporanga, Fundão, Governador Lindenberg, Guaçuí, Guarapari, Ibitirama, Irupi, Itapemirim, Itarana, Iúna, Jaguaré, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Teresa, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

RISCO ALTO: Ibatiba, Ibiraçu, Mantenópolis, Marataízes e Pinheiro

Confira a comparação entre o novo mapa de risco e o anterior:

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

800px-Rugendas_indios

Palestra vai debater influência da cultura indígena no cotidiano de Guarapari

momento-dvd-banda-musical-prateado

Destaque em Anchieta e região, Musical Prateado completa 30 anos de carreira

Anúncio

Anúncio

artigo-paisagens-guarapari-1

Artigo: como tornar Guarapari um lugar mais atrativo e inesquecível

vitor-e-casagrande-educacao-20212

Governo do Estado anuncia criação de 40 novas escolas de tempo integral no Espírito Santo

Anúncio

imagens-artigo-lei-incentivo-ao-esporte

Artigo: os impactos da nova Lei Estadual de Incentivo ao Esporte

policia-civil_pc_viatura

Polícia prende suspeito de tentativa de homicídio em Guarapari

Anúncio