Anúncio

Anchietense garante vaga no Brasileiro de KickBoxing 2018 após se sagrar Bicampeão Estadual

Por Aline Couto

Publicado em 24 de abril de 2018 às 12:16
Atualizado em 12 de maio de 2020 às 16:06

Anúncio

Marcos Pizidio ganhou pela segunda vez, em 15 de abril, o Estadual de KickBoxing na categoria Master, acima de 40 anos.

Há 26 anos apaixonado pelas artes marciais, Marcos Pizidio, 42, leva a sério sua rotina de esportista e tenta ensinar essa lição para as crianças e adolescentes que participam do Projeto Social, Anchieta Rumo ao Futuro, no município de Anchieta. Natural de São João da Barra distrito de Campos do Goytacazes, Rio de Janeiro, e capixaba de coração há mais de 30 anos, Marcos se considera um privilegiado por poder exercer sua arte no País, apesar de todos os preconceitos e dificuldades. “No Brasil é muito difícil se sobressair como atleta, às pessoas demoram a acreditar e é muito complicado conseguir patrocínio”, disse Marcos.

A próxima competição do atleta é o Brasileiro de KickBoxing no Paraná. Foto: Reprodução/Facebook.

Pizidio iniciou sua carreira aos 16 anos, no Rio de Janeiro, através de um Projeto Social. “Adorava os filmes do Jean-Claude Van Damme e o KickBoxing me conquistou. Fui passando por Projetos Sociais até que me sagrei Vice Campeão Brasileiro pela primeira vez em 2002”, relatou.

Mas o atleta queria voos mais altos, com um mestre em quem ele pudesse confiar, um professor com qualidade, profissionalismo e que quisesse investir nele. “Queria algo real, um professor com registro na federação, que pudesse me transformar em um atleta de verdade, com eventos reais e registrados, com todas as possibilidades”. Nessa época, Marcos conheceu o Mestre Ícaro Veiga na cidade de Piúma, próximo a Cachoeiro de Itapemirim onde sua mãe reside.

O lutador treina pelo menos 3 horas por dia. Foto: Reprodução/Facebook.

“Fui promover um evento de disputa interestadual, três Estados e oito cidades, em Piúma. Na ocasião, conheci o Mestre Ícaro, da Equipe Top Team, e encontrei o professor que precisava”, contou Marcos, que treina pelo menos 3h diárias entre técnica, musculação e tática, intensificado em épocas de competições.

Além das disputas e dos treinos, o lutador ministra um Projeto Social em Anchieta, para crianças e adolescentes, em parceria com a Prefeitura do município. Para participar, os alunos, de 10 a 17 anos, precisam estar estudando e ter notas azuis nos boletins. “Queremos tirar as crianças da ociosidade, mostrar que com o esporte é possível combater o mal. Todo ser humano tem potencial para algo bom, para ser melhor a cada dia”, pontuou.

O atleta, casado com a artesã, Fabiana Carvalho, agora se prepara para o Campeonato Brasileiro de Kickboxing que começa dia 31 de maio em Maringá, Paraná. Dependendo dos resultados, Marcos poderá conseguir uma vaga para disputar o próximo Sul-Americano.

Arte: Divulgação.

Serviço:

Projeto Social: Anchieta Rumo ao Futuro.

Anchieta: Vila Olímpica de Anchieta no bairro Cantagalo.

Iriri: Academia Iriri Sport.

Em torno de 100 vagas cada.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

interior view of a steel factory,steel industry in city of China.

Sine de Anchieta tem 132 oportunidades de emprego em aberto para Guarapari e região

Sinal-Vermelho-Arte-AMB-Fonte-cnj.jus_.br_

Artigo: Sinal Vermelho – respeitar a mulher é respeitar a sociedade

Anúncio

Anúncio

vendedor-ambulante-550x367

Guarapari inicia cadastramento de ambulantes nesta segunda (29)

praia-areia-preta-areia-manazitica

Potencial da areia monázitica para a saúde e para Guarapari é tema de palestra

Anúncio

83o-MAPA-DE-RISCO-29.11-a-05.12

Todos municípios capixabas estão em risco baixo no 83º Mapa de Risco Covid-19

anuncio_vagas_concurso_PMES2

Governador anuncia mais 440 vagas em concurso da Polícia Militar do Espírito Santo

Anúncio