Anúncio

Antigo DPJ do Morro do Atalaia pode ser reativado

Por Glenda Machado

Publicado em 16 de setembro de 2015 às 20:17
Atualizado em 16 de setembro de 2015 às 20:36

Anúncio

estrutura abandonoAbandonado, os restos de roupas e vestígios de entorpecentes indicam que o local tornou-se um possível abrigo de moradores de rua e usuários de drogas. Esse é o cenário do antigo Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Guarapari, no Morro do Atalaia, no Centro. Mas isso pode mudar em breve. Se depender da polícia civil, a estrutura deve ser reativada para abrigar a Delegacia de Crimes Contra a Vida – que funciona junto com as demais no DPJ da Praia do Morro, inaugurado em 2011.

“O nosso objetivo é reformar o prédio que será a sede apenas da Delegacia de Homicídios. Temos que separar do restante das delegacias, por conta de segurança. O DPJ da Praia do Morro recebe todos os tipos de ocorrências e acaba expondo os cidadãos. Como precisávamos de um espaço e aquele prédio está obsoleto, pensamos em aproveitá-lo para evitar custos com aluguel. Então solicitamos o projeto à prefeitura”, conta o policial e vereador, Jorge Figueiredo.

 

IMG_4406A Secretaria Municipal de Projetos (Sempro) está em fase final da elaboração do projeto. Segundo Jorge Figueiredo, haverá apenas duas celas no local onde os detidos vão aguardar a decisão de responderem pelo crime em liberdade ou se seguirão para o Centro de Detenção Prisional (CDP). Afinal, quem não se lembra da situação carcerária do local em 2010. A delegacia chegou a ter 102 presos divididos em seis celas com 17 em cada, sendo que a capacidade total era de apenas 24.

De acordo com ele, a prefeitura não tem participação financeira com a reforma. O vereador explica que uma empresa da região sinalizou interesse em arcar com os custos da obra como investimento social. “A Secretaria apenas fez o projeto por se tratar de um serviço de utilidade pública. O projeto está em fase final, mas ainda tem muitas fases até a obra sair do papel como obter as licenças da prefeitura. É um processo longo”, afirma o secretário da pasta, Eduardo José Ribeiro.

Questionado se já havia sido cogitada outras obras para o local, por ter uma vista privilegiada da cidade, ele conta que nada além de ideias. “O local tem grande beleza cênica, caberia sem sombra de dúvidas diversos equipamentos turísticos como mirante, área de contemplação ou algo similar. Mas até hoje, nada de concreto. No entanto, não se pode negar que se trata de um ambiente relevante em termo de turismo”.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

familia-acolhedora

Guarapari realiza formação para quem deseja participar do Programa Família Acolhedora

montagem terreno Ipiranga2

Guarapari: dona de imóvel no Ipiranga reclama da falta de ordenamento público no bairro

De acordo com o relato, no local há um terreno abandonado acumulando lixo, um ônibus estacionado na rua com uma família morando e calçada sendo usada como varal de roupa

Anúncio

Anúncio

frio-inverno

Inverno começa com alerta de queda de até 5°C nas temperaturas em Guarapari

O alerta emitido pelo Inmet aponta frio intenso em 35 cidades do Estado

vacina_covid_19

Pessoas acima de 40 anos já podem agendar a imunização contra Covid-19 em Guarapari

A vacinação acontecerá na quarta (23), no Complexo Esportivo, em Muquiçaba.

Anúncio

volta às aulas pmg

Aulas presenciais são liberadas para todos os níveis a partir desta segunda (21) no ES

Novo mapa de risco passa a vigorar com 58 cidades em classificação moderada

pfizer

Guarapari abre hoje (21) novo agendamento para vacinar profissionais da educação contra Covid-19

Anúncio