Anúncio

Após descoberta repentina de uma leucemia, salva-vidas de Guarapari não resiste

Por Aline Couto

Publicado em 4 de janeiro de 2021 às 10:46
Atualizado em 5 de janeiro de 2021 às 16:20

Anúncio

Fotos: arquivo pessoal.

A família de Ariesley Alves, 39 anos, está de luto. O salva-vidas de Guarapari lutava contra uma leucemia recém descoberta, mas não resistiu. Ele estava internado no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória e faleceu ontem (03).

O profissional deixa esposa, Tâmara Santa Rosa, e dois filhos, 18 anos e um ano.

Entenda

No final de novembro do ano passado, Ariesley começou a ter cansaços e manchas roxas pelo corpo. A esposa o levou no Unidade de Pronto Atendimento – UPA Guarapari e no hemograma feito foi detectado que as plaquetas dele estavam muito baixas.

O salva-vidas foi transferido para o Hospital Jayme dos Santos Neves, Serra, onde após novo exame de sangue foi constatado que ele estava com LMA 3 (Leucemia). Ele foi transferido para a Santa Casa de Misericórdia e começou o tratamento com medicamentos, transfusões e quimioterapia.

A equipe do Folha da Cidade/folhaonline.es se solidariza com a família e amigos nesse momento de dor.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Samarco ajuíza Recuperação Judicial para manter suas atividades de produção

Objetivo é equacionar endividamento financeiro para garantir proteção para ativos e postos de trabalho após retomada da produção em dezembro de 2020

Como-Montar-Uma-Clinica-Medica

Câmara de Guarapari aprova contratação de médicos e pagamento de auxílio aos profissionais de Saúde

Ambos projetos foram aprovados em unanimidade pelos vereadores presentes e seguem para sanção do Prefeito

Anúncio

Anúncio

policia_civil-delegacia-GRI

Polícia Civil prende em Guarapari suspeitos de roubo a postos de gasolina

O crime teria ocorrido no dia 7 de dezembro de 2021

kettle-bell-592905_640

TJES concede liminar para suspensão de Lei que considera atividades físicas como essenciais em Guarapari

Liminar visa suspender Lei Municipal nº4435/2021, que estabelece atividades ligadas à educação física como essenciais

Anúncio

50º-MAPA-DE-RISCO---12.04-a-18.04

Mapa de Risco: 42 cidades em Risco Extremo, incluindo Guarapari e Anchieta

Apenas dois municípios (Conceição da Barra e Ibitirama) estão classificados como de risco moderado

vacina 65 69 2

Agendamento para vacinar idosos de 60 a 64 anos contra Covid-19 abre segunda-feira (12) em Guarapari

Anúncio