Anúncio

Artigo: Em tempos de pandemia, é possível reduzir a pensão alimentícia?

Publicado em 11 de julho de 2020 às 15:00
Atualizado em 13 de julho de 2020 às 10:55

Anúncio

Por Dra. Carolina de Paula Montagnoli Da Silva (*) Advogada OAB/ES 29667

Vivemos tempos difíceis. Enfrentamos problemas no sistema de saúde e financeiros. A situação econômica de muitos brasileiros foi drasticamente prejudicada em virtude do isolamento social. Deste modo, muitos genitores viram suas rendas diminuírem da noite para o dia, com isso, surge o seguinte questionamento: é possível diminuir a pensão alimentícia na pandemia?

O genitor alimentante pode, a qualquer tempo, rever o valor da pensão alimentícia através de uma ação revisional de alimentos, desde que haja a comprovação da alteração de sua situação financeira. É por meio desta ação que o genitor alimentante pode ver diminuído o valor da pensão, sem prejuízos de uma futura prisão por dívida alimentícia.

É importante mencionar que o genitor alimentante não pode diminuir por conta própria o valor da pensão alimentícia. É necessário que este pedido seja feito pela via judicial, com a devida comprovação. 

Caso haja a diminuição do valor da pensão de forma unilateral, nada impede que o genitor detentor da guarda acione o judiciário para requerer o montante que não foi pago.

Ademais, deve ser levado em consideração o bom senso e a boa-fé antes de pleitear a minoração da pensão alimentícia, uma vez que o outro genitor também pode estar sofrendo problemas financeiros.

Ao examinar o pleito de minoração da pensão, o magistrado deve analisar o binômio necessidade do menor x possibilidade do genitor, e, havendo comprovação da diminuição da renda do genitor alimentante, o juiz pode diminuir o valor da pensão alimentícia enquanto perdurar a pandemia.

*Dra. Carolina de Paula Montagnoli Da Silva Advogada
OAB/ES 29667
Pós Graduanda em Prática Penal Avançada

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

ondas

Previsão de ondas de até 5 metros e ventos que podem chegar a 75 km/h no ES

vacina pfizer crianças

ES espera aval da Anvisa para vacinar crianças a partir de 3 anos contra Covid-19

O secretário de Saúde afirmou que a expectativa do governo é que a Sinovac e a Pfizer apresentem a documentação necessária para liberação da vacinação desse público até dezembro

Anúncio

Anúncio

vacinação adolecente

Guarapari vacinará adolescentes a partir dos 12 anos; o agendamento acontece hoje (21)

falta-de-agua-e-um-problema-politico-2-1024x683-1024x585

Bairros de Guarapari terão abastecimento de água paralisado nessa terça-feira (21)

Anúncio

Meninos Adalberto (2)

Projeto social que acolhe crianças e adolescentes precisa de apoio em Guarapari

vacinas es

Espírito Santo recebe primeiro lote da Coronavac adquirido com recursos próprios

Anúncio