Anúncio

Aumenta fiscalização e cresce número de multas

Por Livia Rangel

Publicado em 24 de abril de 2012 às 00:00
Atualizado em 12 de fevereiro de 2015 às 19:48

Anúncio

Dados apontam o crescimento no número de multas aplicadas no trânsito do Espírito Santo e Guarapari segue a estatística. Segundo o responsável pela 3ª Cia do 10° Batalhão da Polícia Militar no município, tenente Rosário, esse aumento se deve a maior fiscalização. “Realmente o número de multas cresceu de 2010 para o ano passada, mas isso se deve ao trabalho realizado”, enfatizou.

Em 2010 foram aplicadas quase 4.500 multas de trânsito e no ano passado, esse número saltou para 6.528. Se comparar o 1° trimestre de 2011 e 2012, foram 2.346, contra 3.451, respectivamente. As principais causas de multas em Guarapari são: para e estacionamento irregular; licenciamento vencido; não portar documentos obrigatórios, entre outros. Já no caso de motociclistas, pilotar sem capacete; viseiras abertas ou sem elas e calçado inadequado.   

Quanto aos números de acidentes em Guarapari, o resultado é preocupante. No ano passado, somente nos limites do município, foram registrados 1.794, deste total 676 fizeram vítimas, o resultado foram 821 pessoas com algum tipo de machucado, desde arranhões a fraturas e 16 vítimas fatais.

De janeiro a março de 2011 foram registrados 525 acidentes, e de janeiro a março deste ano, 524. Um acidente a menos, porém, em comparação do mesmo período, em 2012 foi registrada uma morte a mais, 4. Motoristas do município tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida, em janeiro deste ano foram 47, sendo 27 por beber sob efeito de álcool. No mês de fevereiro, 55 condutores ficaram sem a CNH, 19 por alcoolemia, e em março 24 motoristas tiveram a CNH apreendida, sendo que 13 por ingerir álcool e dirigir.

 No ano passado foi criado o Programa Década de Ações de Segurança no Trânsito, por iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) que tem participação de mais de 160 países. O intuito é reduzir o número de mortes causadas por acidentes de trânsito entre 2011 e 2020.

Segundo dados da ONU, morrem anualmente no mundo 1,3 milhão de pessoas vítimas de acidente de trânsito. No Brasil, esse número chega a 80 mil, se considerar 219 pessoas mortas por dia, em acidentes de trânsito. O Espírito Santo também participa do Programa e as ações serão desenvolvidas através do fortalecimento da gestão da segurança de trânsito, infraestrutura viária adequada, segurança veicular, comportamento e segurança dos usuários, atendimento ao trauma, assistência pré-hospitalar e hospitalar e reabilitação.

Além do programa de iniciativa da ONU, o estado desenvolve outras ações com o mesmo objetivo. Uma delas foi a criação do Grupo de Trabalho de Prevenção de Acidentes de Trânsito, que recolherá informações de todos os setores envolvidos e, depois apresentar uma proposta de ação.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

violao_e_cordas_reproducao-2021-06-12

Beatles é repertório para concerto de violão e cordas em Guarapari na noite de hoje (12)

Concerto acontece na antiga Igreja Matriz, às 18h

arrtigo_direito-2021-06-12-1

Artigo: a atuação de pessoas negras no judiciário brasileiro

Anúncio

Anúncio

recanto_da_sereia-2021-06-12-1

Cansados de ver lixo, moradores de Guarapari limpam rua por conta própria

Moradores do bairro Recanto da Sereia realizaram mutirão para limpar local de descarte inadequado de lixo

Praia do Morro em tarde nublada. Previsão de chuva.

Fim de semana dos namorados seguirá frio em Guarapari

Anúncio

expresso_lorenzutti-onibus_saude

Sindicato afirma: 100% dos ônibus voltam a circular em Guarapari na segunda-feira (14)

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Covid-19: Guarapari abre agendamento para pessoas acima de 50 anos e profissionais da educação

Anúncio