Anúncio

Barulho de obra na Praia do Morro gera reclamação por começar antes das 8h em Guarapari

As obras iniciaram há cerca de dois meses e vem incomodando os moradores do entorno

Por Aline Couto

Publicado em 14 de setembro de 2020 às 16:49
Atualizado em 15 de setembro de 2020 às 12:51

Anúncio

Local da obra. Fotos: Reprodução.

A construção de um prédio na Avenida Atlântica, Praia do Morro, em Guarapari, vem causando reclamações por parte dos moradores do entorno. De segunda a sexta-feira, inclusive no último feriado de 07 de setembro, os funcionários começam a trabalhar pouco depois das 7h da manhã provocando muito barulho com britadeiras e serras.

Nesta manhã (14), uma moradora filmou os funcionários, por volta das 7h35, e no vídeo é possível ouvir grande barulho. Segundo ela, isso ocorre há meses e desde o início da construção o trabalho começa por volta das 7 da manhã. “Eu mesma, além de outros vizinhos, já tentei alertar para o horário correto e o incômodo com o barulho, mas não houve diálogo. Sempre que é falado com algum funcionário da obra, a pessoa diz que não é com ela e o dito responsável nunca se encontra”, relatou a reclamante que pediu para não ter o nome identificado.

A mulher ainda contou que moradores de um prédio vizinho resolveram se mudar por saber que a obra é longa. “Assim que começou a construção e esses problemas vieram à tona, eles viram que não ia se resolver e acharam por bem sair do local. Uma obra dessa dura em torno de dois anos. Como vamos ficar até lá?! É o dia todo de barulho, tenho criança pequena e todos em casa por conta da pandemia. Tem que ter uma solução para os dois lados”.

Registro feito na manhã de hoje por volta das 7h30 da manhã.

Diante dos fatos, alguns questionamentos foram enviados a Prefeitura de Guarapari:

Ainda está em vigor a Lei do Silêncio, barulhos apenas após as 8h da manhã?

De acordo com a Lei, o que é permitido e o que é proibido?

Como é feita a fiscalização?

Qual punição os responsáveis podem receber?

Em resposta, o órgão informou que a execução de obras deve obedecer ao horário estipulado pelo Código de Obras do município, entre 7h e 19h, dentro dos critérios de níveis sonoros dos zoneamentos municipais.

E alertou. “É necessária a formalização da denúncia ao Disque Silêncio, através do número (27) 99905-6397, para que o município proceda com a fiscalização no ponto de incômodo.

A medição é realizada através de decibelímetro calibrado e, em caso de constatação da infração, o responsável pela obra poderá ser autuado de acordo com o nível sonoro”.

Confira a filmagem da moradora:

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

onibus-28-10-2019.mov-snapshot-00.10-2019.10.28-09.17.03-

Passageiros da Viação Alvorada reclamam de atrasos frequentes em linhas sem trocador

geada ES1

Aviso meteorológico prevê sensação térmica abaixo de 0 °C e formação de geada no ES

Anúncio

Anúncio

Julio-Joaquim-folhaonline-27-e-29Jul-2

Edital de Citação – Imóvel Usucapiendo

Casagrande clima

Casagrande e mais seis governadores se reúnem com enviado dos EUA para o clima

Anúncio

renato_entrevista

Entrevista: vereador busca alinhar Anchieta aos objetivos globais de desenvolvimento sustentável

Confira a entrevista exclusiva do jornal FolhaOnline.es com o vereador Renato Lorencini

detonacao_rocha_guarapari-2020-03-24

Detonação de rocha vai interditar BR-101 entre Guarapari e Anchieta

Anúncio