Anúncio

Câmara de Guarapari apresentou o maior aumento percentual da Região Metropolitana

Por Livia Rangel

Publicado em 5 de outubro de 2009 às 00:00

Anúncio

Após a promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Vereadores pelo Congresso Nacional, a justiça passou a receber diversos pedidos de suplentes de parlamentares exigindo a ocupação do cargo. A emenda 336/09 criou 7.623 novas vagas em todo o país. Desta forma, muitos vereadores eleitos no pleito passado que ficaram como suplentes poderiam tomar posse. Em Guarapari, o número passaria dos atuais 11 vereadores para 17.
Mas o aumento não fica restrito ao número de cadeiras, também acarretaria no aumento de despesas das Câmaras Municipais. Porém, antes mesmo de qualquer mudança, os vereadores não têm poupado as despesas. Com o mesmo número de parlamentares, os gastos já aumentaram. Em 2008, todas as Casas de Leis Capixabas gastaram R$ 12,7 milhões a mais que em 2007. Um percentual de oito pontos. É o que mostra o levantamento do anuário “Finanças dos Municípios Capixabas”.
Na Região Metropolitana, o maior aumento percentual foi de Guarapari, com 18,2%. O ranking segue com Cariacica (14,5%), Viana (9,7%) e Serra (4,6%). Já Vitória e Vila Velha conseguiram reduzir as despesas em 3% e 2,2%, respectivamente. As principais cidades do interior com mais de 50 mil habitantes também registraram aumento substancial: Aracruz (26,5%), Linhares (14,6%), Colatina (11,6%) e Cachoeiro de Itapemirim (11%).
Já nas cidades com até 50 mil habitantes, observou-se aumentos acima de 50%. Como é o caso de Alfredo Chaves (206,8%), São Domingos do Norte (106,7%), Afonso Cláudio (75,8%), Conceição do Castelo (59,7%) e Anchieta (54,1%). Dos 23 municípios que apresentaram retração estão Vargem Alta (-38,2%), Guaçuí (-19,3%), Muniz Freire (-12,4%) e Marechal Floriano (-10,3%).
Enquanto que no ranking geral, o maior volume de despesas foi constatado na Serra com R$ 22,2 milhões, Vitória com R$ 15,7 milhões e Vila Velha com R$ 15 milhões. Guarapari ficou na nona posição com R$ 4,4 milhões. Para explicar os motivos do aumento dos gastos, foi constatada a Câmara de Vereadores de Guarapari. Mas o presidente da Casa de Leis, vereador José Raimundo Dantas, não compareceu às entrevistas marcadas.

Os 10 maiores gastos no Legislativo
Posição /Município/ Despesas em reais
1º Serra 22.219.895,04
2º Vitória 15.682.733,45
3º Vila Velha 14.970.625,63
4º Cariacica 8.886.327,60
5º Aracruz 8.424.514,17
6º Linhares 8.185.502,99
7º Cachoeiro de Itapemirim 7.027.406,18
8º Anchieta 5.362.457,25
9º Guarapari 4.460.082,31
10º São Mateus 3.818.859,93
Fonte: Finanças dos Municípios Capixabas/Aequus Consultoria.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

rotativo_cmg-gri-2021-05-21

Prefeitura de Guarapari decreta rescisão do contrato com concessionária de estacionamento rotativo

Decisão foi publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial do município

Captura-de-tela-2024-07-11-164256

Justiça do Trabalho determina fim da greve na construção civil em Guarapari

Decisão judicial ordena retorno imediato dos trabalhadores e impõe multa ao sindicato em caso de descumprimento

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-07-18-at-16.31.41

Escritora de Guarapari leva seu livro infantil para as telas com primeiro curta-metragem

Filme foi lançado no início deste mês no Cine Ritz

WhatsApp-Image-2024-07-18-at-14.56.06

Cruzamentos da Praia do Morro já registraram mais de 30 acidentes de trânsito neste ano

Número equivale à metade das colisões no bairro

Anúncio

Forro-Bobo-2023-13

Balneário de Iriri, em Anchieta, recebe 16ª edição do Forró Bobó neste fim de semana; confira a programação

De 19 a 21 de julho, evento vai reunir música e gastronomia

falta-de-agua-e-um-problema-politico-2-1024x683-1024x585

Governo do Estado declara Estado de Atenção para situação hídrica no ES

Medida foi tomada devido à falta de chuvas e estiagem nos últimos meses

Anúncio