Anúncio

Câmara de Guarapari aprova Conselho Municipal de Cultura e classe artística comemora

Para os artistas e trabalhadores da cultura, a implementação do Conselho representa um avanço nas políticas públicas de incentivo à cultura

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 21 de julho de 2020 às 16:08
Atualizado em 22 de julho de 2020 às 11:04
Anúncio
Registro do III Sarau Ruínas, evento promovido pelo coletivo Sinestesia. Foto: Sulamita Wiener / Reprodução

Ontem (20), durante a 14ª sessão extraordinária, a Câmara Municipal de Guarapari aprovou o projeto do Conselho Municipal de Políticas Culturais. Para a classe artística de Guarapari, que luta há anos pela implementação do Conselho, a notícia é motivo de comemoração.

Segundo Bruno de Deus e Magnago, produtor cultural e membro do coletivo Sinestesia – Criatividade Coletiva, a implementação do Conselho Municipal de Políticas Culturais é aguardada há mais de duas décadas pelos fazedores de cultura locais. “Já existia uma minuta aprovada pela Câmara, mas o projeto nunca foi efetivado. Então, a sociedade civil e poder público compreenderam que ele era inviável e construíram um novo projeto”, explica.

O produtor cultural acredita que o Conselho irá ampliar a participação popular, já que permitirá que a classe artística e sociedade civil como um todo tomem conhecimento sobre a aplicação da verba designada à pasta da Cultura, bem como sobre a destinação do Fundo Municipal de Cultura. “Apesar da atual gestão dialogar com a classe artística e apoiar as ações culturais, compreendemos que é fundamental que sejam criadas políticas públicas efetivas de incentivo à cultura, o que acreditamos estar mais próximo com o Conselho”.

Na ausência do teatro municipal, a Trupe Maratimba realiza peças teatrais em espaços alternativos, assim surgiu o “teatro de quintal”. Foto: Arquivo Pessoal

Priscilla Arranz, atriz e fundadora da Trupe Maratimba, que promove peças teatrais e cursos de teatro há seis anos em Guarapari, afirma que o conselho ampliará a visibilidade do fazer cultural no município e tem esperanças de que o sonho do teatro municipal esteja mais próximo que nunca. “Agora, a comunidade irá conhecer a cultura produzida em Guarapari. Quem sabe o espaço físico do teatro não esteja próximo? Assim, a comunidade teria acesso às manifestações culturais que existem por aqui, o teatro, a dança, as artes plásticas, a música”.

Para aqueles que produzem arte e cultura, a aprovação do Conselho representa a expectativa de que, logo, políticas públicas de incentivo à cultura sejam implementadas no município.

O edital de convocação para eleição dos conselheiros será publicado em breve, para inscrever-se acompanhe os meios oficiais de comunicação da Prefeitura Municipal de Guarapari.

Confira o vídeo em que o presidente da Câmara, vereador Enis Gordin (PSB), anuncia a aprovação do projeto:

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

juliate

Cantora de Guarapari é alvo de ataques racistas na internet e família cobra justiça

Familiares formalizaram a denúncia e esperam que o autor do crime seja responsabilizado

Foto: Reprodução

Sesi e Senai ES estão com inscrições abertas para cursos online gratuitos

Os cursos do Senai possuem carga horária de 14h e abrangem as áreas de Automotiva, Construção Civil, Energia, Gestão, Informática, Logística, Meio Ambiente, Metalmecânica, Segurança do Trabalho, entre outras

Anúncio
Anúncio
multiplique2

Pizza Solidária: dinheiro arrecadado vira cestas básicas para famílias carentes de Guarapari

A ação acontece desde março e já gerou doação de quase quatro toneladas de alimentos

camara-2-550x482

Vereadores aprovam isenção de IPTU para ONGs de Guarapari

Anúncio
Captura de tela 2020-09-17 164812

Campanha do Hifa Guarapari arrecada máscaras para pacientes e acompanhantes

“Doe máscaras salve vidas” conta com a solidariedade em meio a pandemia

educação

Alfredo Chaves é um dos municípios capixabas com melhor desempenho no Ideb

A cidade destacou-se por superar a meta projetada para o ano de 2019 e por estar classificado nas primeiras posições no ranking estadual

Anúncio