Anúncio

Carnaval 2018: Escolas e blocos receberão verba através de empresa contratada

Por Carolina Brasil

Publicado em 10 de janeiro de 2018 às 18:43
Atualizado em 10 de janeiro de 2018 às 18:46

Anúncio

Em reunião, realizada na tarde desta quarta-feira (10), a Prefeitura informou como será o “repasse” de verba para Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos da cidade.

Desfile 2017. Foto: João Thomazelli/Arquivo

Não foi o que os representantes das escolas e dos blocos esperavam, mas já é uma luz no fim do túnel. Agora, as agremiações precisam aguardar um processo licitatório para que seja definido o valor que cada um irá receber. De acordo com informações iniciais, obtidas com representantes que participaram da reunião com o Secretário de Turismo, Empreendedorismo e Cultura, Edgar Behle, haverá uma licitação para a contratação de uma empresa para “gerenciar” o dinheiro destinado às escolas e aos blocos. Essa empresa vencedora terá a responsabilidade de contratar as escolas e os blocos para as apresentações, que receberão por isso conforme as definições do contrato. Em princípio, as escolas serão classificadas por tempo de existência como A, B e C. A escola A receberá R$ 45 mil, a B R$ 35 mil, já a C, que serão duas, receberão R$ 30 mil cada. Já os blocos serão definidos como A e B, que receberão R$ 6 mil e R$ 5 mil, respectivamente.

Desfile 2017. Foto: João Thomazelli/Arquivo

Faltando cerca de um mês para a grande festa, escolas e blocos ameaçavam não desfilar por falta de verba. Para Dieguito Souza, diretor de eventos da Escola Mocidade Alegre de Olaria, a decisão está longe de ser satisfatória. “Não se faz carnaval em um mês em nenhum lugar do Brasil. É uma falta de respeito da municipalidade com as entidades que fazem o carnaval, uma festa bonita, que movimenta a economia da região, gera emprego e garante a diversão de muitas famílias”, destacou.

Opinião compartilhada com Jorge Cabral, presidente do Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos de JK, com 15 anos de Carnaval, reclama que todo ano é a mesma situação. “Fizemos um planejamento e agora é esperar para ver como conseguiremos executar na prática e ir pra avenida. A reunião hoje foi evasiva, ainda teremos que esperar por definições. É sempre assim, em cima da hora, como podemos fazer um Carnaval desse jeito?”, questionou.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

coronavac-instituto-butantan

Guarapari abre novo agendamento de segunda dose da Coronavac para profissionais da saúde

?

Anchieta promove 1º Mostra Cultural Aldir Blanc com apresentações on-line

Anúncio

Anúncio

temporada_de_inverno-es-2021-06-24

Governo do Estado entrega site sobre turismo capixaba, oficinas e novo circuito turístico

Setur lançou um conjunto de oficinas para o setor de turismo

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Anúncio

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

Anúncio