Anúncio

Carnaval supera expectativas e economia de Guarapari fica com saldo positivo

Por Glenda Machado

Publicado em 1 de março de 2017 às 16:16
Atualizado em 6 de março de 2017 às 17:54

Anúncio

Poderia ter sido pior. Esta é a opinião geral quando se fala sobre o Carnaval 2017 em Guarapari. O sentimento é de que o município poderia ter perdido muito mais em termos financeiros caso algumas ações individuais e em grupo não tivessem sido tomadas.

A primeira destas decisões, que teve impacto positivo no fluxo de turistas foi por parte da prefeitura, em manter uma programação oficial para o Carnaval. Outras medidas foram por parte da iniciativa privada, no setor de hotelaria.

“Foi uma decisão acertada da prefeitura e do prefeito manter a programação oficial na cidade. Fizemos alterações no modelo na Praia do Morro e também foi muito elogiada, principalmente pelos comerciantes da região. Em termos de segurança não tivemos grandes incidentes, como já foi observado pela PM e os Bombeiros. Já estamos elaborando novos planos para o ano que vem para tentar melhorar ainda mais o Carnaval na nossa cidade”, explicou o secretário de turismo e vice-prefeito de Guarapari, Miguel Agrizzi.

Um movimento incomum de jovens foi registrado neste Carnaval na Praia das Castanheiras. Foto: Hamilton Garcia/Folha da Cidade

Um movimento incomum de jovens foi registrado neste Carnaval na Praia das Castanheiras. Foto: Hamilton Garcia/Folha da Cidade

Às vésperas do início do Carnaval e com um número alto de cancelamentos de reservas, o setor se viu obrigado a abrir mão do lucro para manter a lotação. O Carnaval, junto com a virada do ano, são os períodos de maior procura e praticamente não há vagas nos hotéis e pousadas da cidade, mas por conta da crise na segurança pública, o quadro era reverso.

“Tivemos, numa média geral, 85% de ocupação na rede hoteleira do município. Como os hotéis abriram mão de grande parte do lucro, muitos quebraram os pacotes, que geralmente eram de quatro dias, transformando-os em dois dias, três dias. Isso fez com que a lotação fosse irregular, mas de forma geral, a rede hoteleira conseguiu reverter o possível desastre que estava se desenhando para este Carnaval na cidade, em termos econômicos”, explicou Gustavo Guimarães, presidente estadual da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis.

As associações ligadas à hotelaria estão otimistas para o Carnaval.

Para o superintendente da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL) de Guarapari, o resultado foi superior às expectativas, considerando a crise da segurança pública. “O saldo é positivo, já que ficamos com um faturamento bem parecido com o do ano passado, com uma variação entre 2% e 5%. Se levarmos em consideração as perspectivas, foi um bom resultado para a cidade”, explicou Aguinaldo Ferreira.

Para Fernando Otávio, presidente do Sindicig e também proprietário de uma pousada na cidade, manter a programação do Carnaval foi uma decisão muito acertada por parte da prefeitura.

“O prejuízo só não foi maior graças à coragem do Edson e Miguel em manter a realização do Carnaval em Guarapari. A ocupação foi conseguida graças a muita divulgação e muita redução de valores das diárias e pacotes, que ficaram em até 40% menores do que trabalhados no final de janeiro de 2017. Considerando a perspectiva e faturamento e a redução de ocupação, historicamente a taxa média é de 95% a 100%, e a redução de faturamento do setor chegou à 51% do esperado para o período”, finalizou o empresário.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

pronunciamento-16.11.22

66° Mapa de Risco mantém Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves em risco baixo para Covid-19

ES anuncia retomada de eventos esportivos e confirma Jogos Escolares em Guarapari

Evento vai acontecer em Setembro em formato específico para evitar contágio pelo Coronavírus

Anúncio

Anúncio

CasadeApoio

Bazar arrecada valores para manter serviços ofertados em Casa de Apoio de Guarapari

A ONG “Amigos no Bem” inaugurou a Casa de Apoio Matheus Garcia no ano passado. Somente no último mês, o local distribuiu 115 cestas básicas e 25 caixas de leite aos mais necessitados

afag-futebol-guarapari-2021-07-30-3-1

Final do Campeonato da Cidade de Guarapari acontece neste domingo (01)

Anúncio

educação

Sedu abre processo seletivo para professores efetivos e em designação temporária

taxis-guarapari-fiscalizacao-2021-07-30

Fiscalização de táxis de Guarapari começa na próxima segunda-feira (02)

Anúncio