Anúncio

Casagrande sobre o Fundap: “Vamos permanecer nas trincheiras”

Por Livia Rangel

Publicado em 19 de abril de 2012 às 00:00
Atualizado em 12 de fevereiro de 2015 às 19:51

Anúncio

O governador Renato Casagrande retornou de Brasília nesta quarta-feira (18) após dois dias de intensos debates e negociações com as principais lideranças nacionais para tentar evitar a aprovação da resolução nº 72, do Senado Federal, que acabaria com o Fundo para o Desenvolvimento das Atividades Portuárias (Fundap). 

 
Em entrevista à imprensa capixaba, Casagrande deixou claro que o Espírito Santo e demais estados prejudicados pelas mudanças no recolhimento do ICMS não desistirão de tentar alternativas para evitar a redução drástica dos atuais 12% para os 4% sugeridos pela União. “Vamos permanecer nas trincheiras e, mesmo que a nossa chance em Plenário seja pequena, vamos trabalhar até se esgotar o debate político”, sentenciou. 

 

Segundo o governador, a estratégia agora é unir todos os senadores capixabas, de Santa Catarina, Goiás, e dos demais estados que mostraram alguma sensibilidade ao tema para apreciar uma emenda (detaque) única no dia da votação, previsto para a próxima terça-feira (24), segundo o líder do Governo no Senado. “Vamos tentar incluir no texto do projeto o nosso período de transição, de pelo menos quatro anos, para que o Espírito Santo possa se adaptar às novas regras de recolhimento do tributo”, explicou. 

Fundap 

O Fundap foi criado como alternativa ao caos econômico instaurado no Espírito Santo no final da década de 60 e início da década de 70, do século passado, em virtude da obrigatoriedade de erradicação das lavouras de café. Em 2011, os valores líquidos de repasse para os municípios capixabas alcançaram a expressiva quantia de R$ 597 milhões, enquanto que em 2010 ficaram na ordem de R$ 434 milhões. “Faltou ao Governo Federal a capacidade de diálogo. Hoje, além de não termos os investimentos necessários em infraestrutura, de responsabilidade da União, estamos sob o risco de perder receita, sem um debate concreto sobre compensações”, afirmou o governador.Casagrande destacou que estes recursos para obras estruturantes, como em portos, rodovias e no aeroporto capixabas, garantiriam a capacidade de desenvolvimento e de atração de investimentos ao Estado. 

Alternativas 

O governador Renato Casagrande também informou que a partir da aprovação do texto sem alterações na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, na última terça-feira (17), determinou que um grupo de secretários começasse a preparar um estudo com as alternativas para o Espírito Santo no caso da perda imediata do Fundap. “Os secretários da Fazenda, de Desenvolvimento e de Projetos Especiais já estão trabalhando em uma comissão interna que vai propor diretrizes concretas no sentido de minimizar as perdas geradas com o fim do incentivo capixaba. Em breve, vamos apresentar e debater com a sociedade capixaba este estudo. Mas não descartamos uma ação conjunta dos estados afetados pelas mudanças no recolhimento do ICMS junto ao Supremo Tribunal Federal, após o término dos debates políticos”, avalia. 

 

Dentre os possíveis cenários e perspectivas, o governador destacou a possibilidade de novas parcerias público-privadas (as PPPs), a articulação de novos investimentos junto ao Governo Federal, da iniciativa privada, além de empréstimos e financiamentos junto a organismos internacionais.

Fonte: Governo do Estado.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Edital-de-Convocacao-Risa

RISA – Edital de Convocação

pp

Rifa arrecada recursos para manter tratamento de criança de Guarapari

Hoje com 1 ano e 5 meses, a pequena Aruna nasceu com Síndrome de Edwards

Anúncio

Anúncio

Turismo em Guarapari tem expectativa de 50% de retomada neste ano

Representantes do setor turístico acreditam que a vacinação contra a Covid avançando, o setor tende a retomar os números positivos a partir do segundo semestre deste ano

jardineiro-vaga-sine-anchieta-2021-06-24

Sine de Anchieta tem 34 vagas com 25 oportunidades para moradores de Guarapari

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Guarapari abre novo agendamento de segunda dose da Coronavac para profissionais da saúde

?

Anchieta promove 1º Mostra Cultural Aldir Blanc com apresentações on-line

Anúncio