Anúncio

Centro de Testagem e Aconselhamento vira alvo de denúncias em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 1 de junho de 2020 às 16:17
Atualizado em 2 de junho de 2020 às 14:49
Anúncio
Foto: Arquivo Folha.

Na última semana, o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Guarapari virou alvo de denúncias. Inicialmente foi falado que funcionários estavam trabalhando com suspeita de terem contraído o novo Coronavírus (Covid-19), o que foi contestado pela Prefeitura de Guarapari através de uma nota de esclarecimento:

“Os moradores de Guarapari podem confiar que não há profissionais trabalhando com suspeita ou confirmação de síndromes gripais ou Covid-19, no âmbito de nossas Unidades de Saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde de Guarapari de forma responsável e zelosa com a Saúde Pública da população, esclarece que os profissionais de saúde são orientados e estão cumprindo os Protocolos do Ministério da Saúde e Notas Técnica da Secretaria Estadual de Saúde, bem como as normativas municipais.

As Vigilâncias Epidemiológica e Sanitária estão em trabalho constante, monitorando, fiscalizando e combatendo irregularidades apuradas, bem como, realizando ações para verificação do cumprimento da legislação, em estabelecimentos públicos e privados.

O Município de Guarapari, respeitando as normas de saúde pública, está adotando todas as medidas inerentes ao combate da disseminação do vírus Covid-19.

A desinformação recentemente veiculada nas mídias sociais e grupos de “whatsapp” pelo parlamentar deste município, sobre a situação das unidades de saúde, em especial ao CTA/SAE (Centro de Testagem e Aconselhamento) não condiz com a verdade e será apurada perante as autoridades competentes.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que violar o isolamento é infração sanitária e pode ser enquadrado como crime contra a saúde pública. As pessoas com suspeita ou que testaram positivo para Covid-19 devem permanecer em isolamento, seguindo todas as orientações recomendadas pelo Ministério da Saúde”.

Após o episódio, houveram novas denúncias que diziam respeito a situação do CTA com relação ao trabalho prestado e a condição do local. Entre os relatos, alguns falam sobre a falta de higiene e limpeza no local. Segundo nos foi falado, o local não tem limpeza diária e, mesmo diante da pandemia, não está havendo desinfecção no Centro, possibilitando a piora nos pacientes já debilitados e aumentando o risco de contágio da Covid-19.

Outra questão levantada foi a quantidade de profissionais que se encontram trabalhando no momento. Alguns funcionários testaram positivo para o coronavírus e foram para o isolamento, mas, segundo as informações, não houve substituição dos mesmos deixando o CTA com poucas pessoas para o atendimento aos pacientes. Outra denúncia foi relacionada a sala de enfermagem. Ela não teria infraestrutura e remédios básicos estariam faltando.

Questionada, a Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), informou que o atendimento no CTA está sendo realizado normalmente, de 7h às 16h. E que no local são feitos atendimentos psicológicos, enfermagem, testes rápidos de sífilis, hepatite e HIV, distribuição de medicamentos específicos, entre outros serviços.

Assim como em todas as unidades de saúde do município, os atendimentos são realizados seguindo as normas e cuidados estabelecidos pelo Ministério da Saúde, durante o período de pandemia. A higienização do espaço é feita diariamente”. 

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Antônio Ribeiro

Qual praça de Guarapari o povo gostaria que fosse reformada?

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra mais três mortes e ultrapassa os 1.300 casos

A cidade totaliza 1.312 casos confirmados e 64 óbitos pela Covid-19

Anúncio
Anúncio
Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Artigo: Em tempos de pandemia, é possível reduzir a pensão alimentícia?

Renato Casagrande. Foto: Divulgação / Rodrigo Araujo

Governo do ES divulga atualização do Mapa de Gestão de Risco da Covid-19

O novo mapa, que terá vigência a partir de segunda-feira (13), classifica 41 municípios capixabas com risco “Alto” e 37 com risco “Moderado”

Anúncio
Imagem Ilustrativa | Foto: Pixabay

Anchieta e Alfredo Chaves promovem festivais delivery para apoiar comércio local

Em Anchieta, 16 estabelecimentos aderiram à novidade; Alfredo Chaves está em fase de inscrição dos restaurantes

Foto: Arquivo Pessoal

Creche Alegria completa 9 anos ajudando famílias em Guarapari

A instituição que, hoje, atende a 120 crianças, se mantém com o apoio de colaboradores

Anúncio