Anúncio

Chuva: Moradores de Santa Mônica e Perocão estão ilhados em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 13 de novembro de 2019 às 10:29
Atualizado em 13 de novembro de 2019 às 10:56
Anúncio

 

A zona norte da cidade sofre novamente com a chuva intensa que segue durante esta semana

Moradores de bairros da zona norte de Guarapari, Perocão e Santa Mônica, estão novamente passando por dificuldades após a intensa chuva que chegou ao município na segunda-feira (11). Alguns comércios não abriram e pessoas não estão conseguindo sair de casa para trabalhar devidos aos diversos pontos de alagamentos nos bairros.

No Perocão, a Escola Municipal de Ensino Fundamental – EMEF – Francisco Araújo não teve condições de ser aberta e os alunos ficaram sem aula. “Atrás da escola está todo mundo ilhado e os comércios em frente estão fechados”, contou Marcos Paulo Leitzke, morador da região desde 2004.

O estudante de engenharia do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) Guarapari relatou que desde que mudou para o local é sempre a mesma coisa quando chove. “Moro a menos de 100 metros da escola e a história sempre se repete. É um problema antigo que nunca é resolvido. Em maio deste ano filmei e fotografei um alagamento igual a este”.

Em Santa Mônica não está muito diferente, o morador do bairro Sidney Assis filmou vizinhos tentando se locomover através de barco. “Moro na Rua Riviera e lá está tudo alagado, por isso filmei. Sempre acontece a mesma coisa quando chove. Há diversas promessas de obras que nunca são cumpridas. As pessoas estão em casa impossibilitadas de sair, comércios fechados e casas alagadas. Quando a chuva é fraca, não muda muito. É muita lama que também atrapalha a vida de todos”, descreveu o pedreiro.

O folhaonline.es segue acompanhando a situação na cidade. Se você tem um registro em foto ou vídeo, compartilhe conosco através do Whatsapp (27) 99271-5010.

Chuva: Perocão hoje (13). Foto: Leitor.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Lucineia Santos de Souza. Foto: Arquivo Pessoal

Moradora de Guarapari já produziu e doou mais de 500 máscaras para famílias carentes

Com um saco de retalhos e um rolo de elástico, Lucineia Santos resolveu ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social a se protegerem da Covid-19

homicidio

Número de homicídios no ES reduz em maio e atinge melhor número dos últimos 24 anos

Anúncio
Anúncio
abertura de em presas

ES está entre os 12 estados com menor tempo de espera para abertura de novas empresas

cão4

Pandemia faz número de adoção de cães e gatos crescer em Guarapari

Anúncio
Foto: Reprodução

Coronavírus faz mais duas vítimas em Guarapari; São 11 óbitos e 240 casos confirmados

Os números são do Boletim Epidemiológico divulgado ontem (31)

parque paulo

Guarapari: Parque Paulo Cesar Vinha completa 30 anos e realiza calendário de lives