Anúncio

Comércio de Guarapari não irá alternar dias de funcionamento

A recomendação para o rodízio dos comércios é do Governo do Estado para os municípios classificados como de risco alto diante da pandemia

Por Aline Couto

Publicado em 10 de junho de 2020 às 09:44
Atualizado em 10 de junho de 2020 às 16:43

Anúncio

Foto: Arquivo Folha.

Na terça-feira (09), o Comitê Municipal de Combate a Pandemia de Guarapari se reuniu para tratar das medidas de enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19). Na reunião, ficou decidido pela manutenção do funcionamento do comércio, conforme o decreto municipal publicado na última sexta-feira (05), que valerá até o dia 14 de junho.

As determinações incluem o isolamento total a partir das 19h e o funcionamento do comércio não essencial de segunda à sexta-feira, das 09h às 17h. Contudo, nos finais de semana, apenas padarias, postos de gasolina, farmácias e delivery poderão funcionar. Os supermercados estão autorizados a abrir aos sábados, até as 14h, mas ficarão fechados aos domingos (07 e 14/06).

Conforme a portaria do governo estadual, municípios classificados com risco alto no Mapa de Gestão de Risco deverão estabelecer restrições ao funcionamento dos estabelecimentos, galerias e centros comerciais. Uma das recomendações é a alternância de funcionamento dos comércios, em dias pares e ímpares, divididos em setores. O município de Guarapari, que registra, até o presente momento, 403 casos e 18 óbitos da Covid-19, integra o grupo de risco alto. 

De acordo com Aguinaldo Ferreira Júnior, superintendente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Guarapari (CDL) e Sindicato dos Lojistas do Comércio de Guarapari (Sindilojas), o comércio do município não irá aderir ao rodízio porque a portaria estabelece uma recomendação, que pode ou não ser seguida.

Em Guarapari, devido à crise que afetou diversos comércios locais, optamos por tomar decisões mais próximas da nossa realidade. No entanto, apesar dos comércios continuarem funcionando de segunda à sexta-feira, sem alternar, o Município estabeleceu o isolamento total após às 19h, o que é o diferencial desse decreto e vem surtindo efeito. No último sábado (06), registramos o maior índice de isolamento social desde o início da pandemia“, explicou.

Sobre a possibilidade de mudanças nas determinações, Aguinaldo disse que o decreto municipal é válido até o dia 14 deste mês e há uma reunião periódica para analisar a eficiência das medidas estabelecidas. “Caso as medidas não surtam efeitos, pode ser aderido o sistema de rodízio após o fim da validade do decreto“.

O superintendente finalizou chamando atenção para a necessidade dos comerciantes e clientes de seguirem as orientações da CDL.  “A recomendação é que sejam seguidas as medidas estabelecidas pelo decreto municipal, que seja respeitado o distanciamento social e tomados os devidos cuidados, como uso de máscaras e álcool em gel“.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

kit merenda

Guarapari realiza nova distribuição de kit merenda para alunos da Rede Municipal de Ensino

Covid-19_ES ultrapassa 10 mil obitos - 2021-05-11

Painel Covid-19: Guarapari se aproxima de 350 e ES ultrapassa 10 mil óbitos por Covid-19

Segundo a última atualização, na tarde de hoje (11), o número de óbitos chegou a 10.013 em todo o Estado

Anúncio

Anúncio

vacina_butantan_covid-divugacao_es

Guarapari abre agendamento para segunda dose da Coronavac em idosos acima de 70 anos

vacinacao-gripe-vilhena-2021-05-11

Imunização contra gripe para idosos e professores começou hoje (11) em Guarapari

Anúncio

Desaparecido Secr Saúde1

Encontrado morador de Guarapari que estava desaparecido

vacina pfizer

Vacina da Pfizer será aplicada em gestantes do ES após suspensão da AstraZeneca

A vacina, até então, só estava sendo aplicada em moradores de Vitória; Anvisa orientou a suspensão da aplicação da AstraZeneca em gestantes nessa segunda-feira (10)

Anúncio