Anúncio

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Bárbara Hora

Por Aline Couto

Publicado em 21 de outubro de 2020 às 14:00
Atualizado em 22 de outubro de 2020 às 10:22

Anúncio

Foto: Assessoria de Comunicação da candidata.

Dando continuidade à série política iniciada na semana passada (15), o folhaonline.es apresenta nesta quarta-feira (21) as propostas da candidata a prefeita de Guarapari, Bárbara Hora (PT).

Confira as respostas da candidata:

Tópico 1 – população em situação de rua

Jornal: Qual proposta apresenta para a questão da população em situação de rua no município? Que ações pretende executar para a busca da solução do problema? Há projetos para assistência dessas pessoas?

Bárbara: O atual Centro POP precisa trabalhar a reabilitação e qualificação dessas pessoas, dando dignidade e oportunidade profissional. Repensar o local em que está instalado também é importante. O local atual não concentra essa população e faz com que essas pessoas precisem se deslocar de ônibus, o que pode torná-lo inacessível. Além disso, propomos criar programas de casas habitacionais de aluguel social, para abrigar aqueles que aceitem serem acompanhadas, tratadas e assistidas pela prefeitura.

Tópico 2 – hospital de Guarapari

Jornal: Sobre a construção e o funcionamento do hospital de Guarapari, é possível? O que efetivamente será feito para que a cidade tenha um hospital? O município consegue financiar o funcionamento?

Bárbara: O hospital de Guarapari é possível, viável e vai se realizar! Na nossa gestão ele será 100% público. Sem leitos pagos ou administração terceirizada. Para isso se tornar viável basta trabalhar com uma gestão inteligente, buscar recursos nas esferas estaduais e federal. O Fundo Municipal de Saúde é um repasse da União que aumenta de acordo com a oferta de leitos no município e isso pode garantir recursos para manter os leitos do hospital funcionando de forma gratuita para a população.

Tópico 3 – geração de empregos

Jornal: Quais as propostas para a geração de empregos no município? O que será feito para que garantir mais emprego para a população? Qual a proposta de atração de novos investimentos? E o Sine Guarapari, pretende retornar com a agência?

Bárbara: O retorno do Sine é importante, mas não basta. Para gerar emprego é preciso facilitar o esforço de novos empreendedores e atrair indústrias responsáveis e comprometidas com a população e com o meio-ambiente. Isso se consegue com isenção fiscal, diálogo e apoio. Nós também queremos criar a Casa do Empreendedor que vai reunir os setores envolvidos em todos os trâmites burocráticos para abertura de uma pequena empresa, além de ofertar orientação, cursos e capacitações em parceria com o Sebrae.

Tópico 4 – turismo

Jornal: E o turismo, base de Guarapari. Como pode ser melhorado? Quais investimentos fará para o desenvolvimento turístico da cidade? Há projetos para serem executados ao longo do ano? Pensa em diversificar os tipos de turismo? De que forma?

Bárbara: O turismo na nossa cidade é extremamente importante, mas precisa se tornar mais inclusivo e responsável. Ainda há muito a se explorar, como o turismo ecológico e rural da nossa cidade. Guarapari não é só praia. E a praia precisa ser para todos. Por isso vamos construir o Plano Municipal de Turismo, ouvindo os trabalhadores do turismo, buscando um turismo que não seja apenas sazonal e organizando ideias de forma inclusiva e participativa.

Tópico 5 – transporte público

Jornal: Quais ações serão propostas para melhorias no transporte público da cidade? Há possibilidade de regularização de vans e mototáxis?

Bárbara: A mobilidade, de forma geral precisa ser repensada. É preciso fiscalizar a frota de ônibus atuante, dialogar com as vans e mototáxis para a regularização, buscar a ampliação da cobertura do Sistema Transcol para integrar efetivamente Guarapari à Grande Vitória, de Recanto da Sereia à Porto Grande. Para resolver a mobilidade também precisamos pensar ciclovias, bicicletas comunitárias e replanejar o trânsito da cidade tendo como foco principal um trânsito mais humanizado.  

Em tempo

Nove dos dez candidatos responderam, Oziel de Souza (PSC) foi o único que não enviou as respostas, e o critério utilizado para a ordem das matérias foi de acordo com o tempo que cada concorrente possui no horário eleitoral.

Para manter a condição igualitária, todos receberam as mesmas perguntas, regras e prazo de resposta. O tamanho limite para as respostas também foi o mesmo, 500 caracteres por tópico.

Nessa quinta-feira (22) será a vez de apresentar as propostas da candidata Maria Helena (PP).

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

casagrande-anuncio-novasrestricoes-2020-03-25

55° Mapa de Risco traz Guarapari em risco alto e mudanças na classificação da Grande Vitória

marcos_gabriel-danca-2021-05-13-8

Aluno de Guarapari é destaque em concurso de dança na Serra

Marcos é aluno do 1º ano da escola municipal Florisbela Lino Bandeira, no bairro Aeroporto

Anúncio

Anúncio

Foto: Arquivo/Folha

Temperaturas devem continuar baixas em Guarapari e região no fim de semana

qualificar_es_ampliacao-2021-05-14

Qualificar ES abre 111 mil novas vagas e apresenta novidades

Governador também enviou à Assembleia Legislativa um Projeto de Lei para institucionalizar o Programa

Anúncio

camara_gestao_120-dias-2021-05-14-2

Atual gestão da Câmara de Guarapari economiza R$1 mi e alcança recorde de transparência

pc_prisao_anchieta-2021-05-14

Operação Estado Presente prende suspeito de duplo homicídio em Anchieta

Homem detido é suspeito do assassinato de mãe e filho, no bairro Jerusalém

Anúncio