Anúncio

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Bárbara Hora

Por Aline Couto

Publicado em 21 de outubro de 2020 às 14:00
Atualizado em 22 de outubro de 2020 às 10:22
Anúncio
Foto: Assessoria de Comunicação da candidata.

Dando continuidade à série política iniciada na semana passada (15), o folhaonline.es apresenta nesta quarta-feira (21) as propostas da candidata a prefeita de Guarapari, Bárbara Hora (PT).

Confira as respostas da candidata:

Tópico 1 – população em situação de rua

Jornal: Qual proposta apresenta para a questão da população em situação de rua no município? Que ações pretende executar para a busca da solução do problema? Há projetos para assistência dessas pessoas?

Bárbara: O atual Centro POP precisa trabalhar a reabilitação e qualificação dessas pessoas, dando dignidade e oportunidade profissional. Repensar o local em que está instalado também é importante. O local atual não concentra essa população e faz com que essas pessoas precisem se deslocar de ônibus, o que pode torná-lo inacessível. Além disso, propomos criar programas de casas habitacionais de aluguel social, para abrigar aqueles que aceitem serem acompanhadas, tratadas e assistidas pela prefeitura.

Tópico 2 – hospital de Guarapari

Jornal: Sobre a construção e o funcionamento do hospital de Guarapari, é possível? O que efetivamente será feito para que a cidade tenha um hospital? O município consegue financiar o funcionamento?

Bárbara: O hospital de Guarapari é possível, viável e vai se realizar! Na nossa gestão ele será 100% público. Sem leitos pagos ou administração terceirizada. Para isso se tornar viável basta trabalhar com uma gestão inteligente, buscar recursos nas esferas estaduais e federal. O Fundo Municipal de Saúde é um repasse da União que aumenta de acordo com a oferta de leitos no município e isso pode garantir recursos para manter os leitos do hospital funcionando de forma gratuita para a população.

Tópico 3 – geração de empregos

Jornal: Quais as propostas para a geração de empregos no município? O que será feito para que garantir mais emprego para a população? Qual a proposta de atração de novos investimentos? E o Sine Guarapari, pretende retornar com a agência?

Bárbara: O retorno do Sine é importante, mas não basta. Para gerar emprego é preciso facilitar o esforço de novos empreendedores e atrair indústrias responsáveis e comprometidas com a população e com o meio-ambiente. Isso se consegue com isenção fiscal, diálogo e apoio. Nós também queremos criar a Casa do Empreendedor que vai reunir os setores envolvidos em todos os trâmites burocráticos para abertura de uma pequena empresa, além de ofertar orientação, cursos e capacitações em parceria com o Sebrae.

Tópico 4 – turismo

Jornal: E o turismo, base de Guarapari. Como pode ser melhorado? Quais investimentos fará para o desenvolvimento turístico da cidade? Há projetos para serem executados ao longo do ano? Pensa em diversificar os tipos de turismo? De que forma?

Bárbara: O turismo na nossa cidade é extremamente importante, mas precisa se tornar mais inclusivo e responsável. Ainda há muito a se explorar, como o turismo ecológico e rural da nossa cidade. Guarapari não é só praia. E a praia precisa ser para todos. Por isso vamos construir o Plano Municipal de Turismo, ouvindo os trabalhadores do turismo, buscando um turismo que não seja apenas sazonal e organizando ideias de forma inclusiva e participativa.

Tópico 5 – transporte público

Jornal: Quais ações serão propostas para melhorias no transporte público da cidade? Há possibilidade de regularização de vans e mototáxis?

Bárbara: A mobilidade, de forma geral precisa ser repensada. É preciso fiscalizar a frota de ônibus atuante, dialogar com as vans e mototáxis para a regularização, buscar a ampliação da cobertura do Sistema Transcol para integrar efetivamente Guarapari à Grande Vitória, de Recanto da Sereia à Porto Grande. Para resolver a mobilidade também precisamos pensar ciclovias, bicicletas comunitárias e replanejar o trânsito da cidade tendo como foco principal um trânsito mais humanizado.  

Em tempo

Nove dos dez candidatos responderam, Oziel de Souza (PSC) foi o único que não enviou as respostas, e o critério utilizado para a ordem das matérias foi de acordo com o tempo que cada concorrente possui no horário eleitoral.

Para manter a condição igualitária, todos receberam as mesmas perguntas, regras e prazo de resposta. O tamanho limite para as respostas também foi o mesmo, 500 caracteres por tópico.

Nessa quinta-feira (22) será a vez de apresentar as propostas da candidata Maria Helena (PP).

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

corona

Exames da Covid-19 agora são liberados por e-mail em Guarapari

adote um idoso2

Campanha “Adote um idoso” arrecada doações em Guarapari

Em paralelo, há também arrecadação de alimentos para famílias carentes do município

Anúncio
Anúncio
CTPS; CARTEIRA DE TRABALHO; EMPREGO; FOTOS DAVI PINHEIRO/GOVERNO DO CEARA;

Sine Anchieta divulga novas vagas com oportunidades para moradores de Guarapari

Prefeito Gedson

Gedson Merizio pode se tornar deputado estadual por Guarapari

Os resultados das eleições municipais deste ano colocam Gedson com a possibilidade de assumir o cargo no próximo ano

Anúncio
Prêmio3

Professora atuante em Guarapari e Anchieta está entre as finalistas do Prêmio Shell

Cibele Machado é professora do nono ano do ensino fundamental II. Ela está na disputa e aguarda ansiosamente o resultado

casal-motohome (2)

Casal de Guarapari viaja em van com estrutura residencial montada por eles

Dentre os destinos favoritos do casal: Ubu, em Anchieta

Anúncio