Anúncio

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Gedson Merizio

Por Aline Couto

Publicado em 15 de outubro de 2020 às 14:00
Atualizado em 16 de outubro de 2020 às 10:49

Anúncio

Foto: Assessoria de Comunicação do candidato.

O folhaonline.es inicia nesta quinta-feira (15) uma série política onde serão apresentadas as propostas dos (as) candidatos (as) a prefeito (a) de Guarapari. A cada dia, apresentaremos as respostas de um dos concorrentes ao cargo aos questionamentos enviados pelo jornal.

Cinco tópicos foram elaborados, com perguntas para nortear a questão, o primeiro a responder é Gedson Merizio (PSB).

Confira as respostas do candidato:

Tópico 1 – população em situação de rua

Jornal: Qual proposta apresenta para a questão da população em situação de rua no município? Que ações pretende executar para a busca da solução do problema? Há projetos para assistência dessas pessoas?

Gedson: Primeiro é preciso cadastrar cada uma dessas pessoas, conhecer a realidade delas, sozinhas ou em famílias, que sofrem com o desemprego e desamparo do poder público. Vamos encaminhar os que precisam para programas de recuperação de dependentes químicos. A ideia é criar programas de capacitação, requalificação e inserção no mercado. Abrigar, proteger e ressocializar serão nossas metas. Desenvolver Políticas Públicas voltadas para a estruturação familiar envolvendo as secretarias do município.

Tópico 2 – hospital de Guarapari

Jornal: Sobre a construção e o funcionamento do hospital de Guarapari, é possível? O que efetivamente será feito para que a cidade tenha um hospital? O município consegue financiar o funcionamento?

Gedson: Garantir a conclusão da construção do Hospital Público com estrutura e especialistas para todas as idades. Buscar parcerias do governo estadual e federal para garantir o bom funcionamento do hospital. Melhorar a estrutura do PA, como equipamentos, atendimentos, internação, médicos especializados para cada área. Pronto Atendimento e alguns postos de saúde funcionando 24h no período da alta estação.

Tópico 3 – geração de empregos

Jornal: Quais as propostas para a geração de empregos no município? O que será feito para que garantir mais emprego para a população? Qual a proposta de atração de novos investimentos? E o Sine Guarapari, pretende retornar com a agência?

Gedson: Vamos mudar a realidade de Guarapari investindo em parcerias com o Sebrae, Findes, Sesc e todo o Sistema S. Reativar o Sine, buscar qualificação com as grandes empresas e estreitar os laços com o IFES são algumas de nossas metas. Implementar o polo industrial/empresarial, voltado para a atração de empreendimentos com foco na sustentabilidade. Promover a adequação da oferta de cursos em vários níveis (qualificação profissional, formação continuada, cursos básicos, técnicos e de formação superior) às necessidades estratégicas da economia local.

Tópico 4 – turismo

Jornal: E o turismo, base de Guarapari. Como pode ser melhorado? Quais investimentos fará para o desenvolvimento turístico da cidade? Há projetos para serem executados ao longo do ano? Pensa em diversificar os tipos de turismo? De que forma?

Gedson: Elaborar um plano de desenvolvimento do turismo de forma integrada e estratégica com todas as potencialidades turísticas do município e modalidades de serviços associados à atividade de turismo, visando a sua diversificação, qualificação e crescimento. Pólo Gastronômico na cidade, oferecendo espaço adequado, treinamento e financiamento aos comerciantes locais.  Criar uma agência municipal de turismo responsável pela regulação e pelo planejamento das atividades do setor, além de promover iniciativas estratégicas e articular ações de apoio ao segmento econômico.

Tópico 5 – transporte público

Jornal: Quais ações serão propostas para melhorias no transporte público da cidade? Há possibilidade de regularização de vans e mototáxis?

Gedson: É preciso fazer um levantamento da frota viárias de Guarapari. Seja transporte público ou privado.  Vamos montar parcerias com o Detran e com a Polícia Militar para humanizar o trânsito, criando ciclovias, implantando nova sinalização semafórica, além de apostar em meios alternativos de mobilidade urbana. É hora de Guarapari crescer, se desenvolver. Implantar abrigos de ônibus, mais linhas interligadas, ampliação do Sistema Transcol e regulamentação de outros meios de transporte.

Em tempo

Nove dos dez candidatos responderam, Oziel de Souza (PSC) foi o único que não enviou as respostas, e o critério utilizado para a ordem das matérias foi de acordo com o tempo que cada concorrente possui no horário eleitoral.

Desta forma, começamos com Gedson Merizio (PSB) e, amanhã (16), será a vez do Edson Magalhães (PSDB). Nas próximas semanas continuamos com: Coronel Ferrari (PSD); Fernanda Mazzelli (Republicanos); Bárbara Hora (PT); Maria Helena Netto (PP); Fredson Fagundes (PL); Carlos Von (Avante) e Cláudio Paiva (PRTB).

Para manter a condição igualitária, todos receberam as mesmas perguntas, regras e prazo de resposta. O tamanho limite para as respostas também foi o mesmo, 500 caracteres por tópico.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina_covid_19

Guarapari esclarece diferença entre número de doses recebidas e aplicadas de vacina da Covid-19

Agendamento será reaberto nos próximos dias para a população com idade entre 60 e 64 anos

zaine_e_ricardo_conde-2021-04-05

“É como ter uma arma apontada para a família, sem defesas” alerta jornalista de Guarapari, recuperado da Covid-19

Ricardo e a esposa, Zaine Conde, contraíram a doença. O jornalista se recuperou e a esposa ainda está na UTI, mas apresentando melhoras

Anúncio

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Guarapari: 2ª dose da vacina contra Covid-19 para idosos de 65 a 69 anos ainda não tem data

A maioria dos idosos desse público recebeu a primeira dose há cerca de um mês

aumento efetivo111

Casagrande anuncia aumento do efetivo da Polícia Militar do Espírito Santo

Anúncio

upaa-550x413

Câmara derruba veto do Prefeito e estende Auxílio Funcional aos demais servidores da Saúde de Guarapari

O veto restringia o pagamento do auxílio apenas aos profissionais lotados na UPA 24h

Bobó Brisamare-Risa

Semana das Mães: restaurante de Guarapari vai doar parte das vendas ao Recanto dos Idosos

Anúncio