Anúncio

Conselho Municipal não faz inscrição e entidades perdem verba do Itaú Social  

Por Glenda Machado

Publicado em 21 de agosto de 2015 às 23:07
Atualizado em 21 de agosto de 2015 às 23:09
Anúncio

No ano passado, foram repassados R$ 68 mil para Guarapari

Em época de crise, toda fonte de recurso é bem-vinda. Os anúncios de corte de despesas estão por toda parte. Em Guarapari, por exemplo, a prefeitura diminuiu o horário de expediente e até cancelou festas tradicionais da cidade. Mas deixou de captar uma boa quantia em dinheiro que poderia ser revertida para diversas entidades filantrópicas do município.

logocolorido-itausocialEstamos falando da Fundação Itaú Social que todo ano destina 1% do seu imposto de renda para apoiar projetos culturais, sociais, científicos, tecnológicos e esportivos em todo o país. Para isso, o Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente de cada município precisa se inscrever: preencher um formulário online.

Mais de 30 cidades capixabas estão na disputa. Mas Guarapari ficou de fora. No ano passado, o município recebeu R$ 68 mil que beneficiou cinco instituições: Apae (R$ 10 mil), Salvamar (R$ 20 mil), América Esporte Clube (R$ 18 mil), Crescer Com Viver (R$ 12.500) e Qualificar (R$ 7.500).

IMG_20140719_092844IMG_20140723_091012Só no América Esporte Clube, por exemplo, 120 crianças e adolescentes de 10 a 17 anos foram beneficiados com este recurso no ano passado, que possibilitou a construção de um calçadão no entorno do campo de 220 m², aquisição de um novo portão de 18 m² e a construção de 70 metros de muro.

“Sem o calçadão, formava muitas poças com a chuva. O portão e o muro estavam com risco de cair. Então, ele veio em boa hora. Agora é difícil acreditar que neste ano nem vamos tentar conseguir esse recurso simplesmente porque o conselho não fez a inscrição. Eu mesmo pedi aos responsáveis até o último dia de inscrição”, conta o presidente do Clube, Malaquias Nunes.

O Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) confirmou que não foi feita a inscrição. “O Conselho é formado por 12 conselheiros e como eu estou comprometida com a eleição dos novos conselheiros tutelares, deixei essa responsabilidade com os demais. Mas de fato não fizemos a inscrição”, explica a presidente, Cristina Silva.

Ela ainda pontua que “as entidades confundem o conselho como captador de recursos. Nossas funções são outras e mais sérias, como deliberar e fiscalizar os direitos das crianças e dos adolescentes. E não significa que perdemos esse dinheiro, porque não há garantias de que conseguiríamos”.

A presidente também destaca que está finalizando convênios com entidades que serão contempladas com o Imposto Solidário da Samarco. “Nós lançamos edital, as instituições inscreveram seus projetos e agora vamos firmar os convênios no valor total de R$ 113 mil. Mas 20% deste recurso são destinados para capacitação dos conselheiros tutelares”.

Instituição consegue doação de bolas feitas por detentos do Xuri

presos_bola_27_05_14_44Se de um lado não vem, a alternativa é correr para outra direção. Foi o que fez o América Esporte Clube. Assim que o presidente soube da doação de bolas esportivas feitas por detentos do Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha, logo recorreu à Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) – a responsável pelo programa “Pintando a Liberdade”.

“Conseguimos 150 bolas. Mandamos o requerimento no dia 4 de agosto e no dia 10 de agosto, as bolas já estavam disponíveis para que fossemos buscar na penitenciária. Foi uma grande ajuda, porque gastamos em média 50 bolas por ano. O que está ao meu alcance, eu luto, corro atrás, o problema é quando depende dos outros”, afirma Malaquias.

SEJUS_ressocializacao1_jpgSão 250 detentos que participam do projeto de confecção de bolas e redes esportivas que são doadas para escolas públicas, entidades filantrópicas e unidades prisionais. A Sejus explica que  para cada três dias trabalhados, é abatido um dia da pena. Eles também são remunerados com um salário mínimo.

Esse dinheiro é dividido em três partes: uma que fica com o preso, outra que vai para a família dele e ainda o que é depositado em conta pecúlio em nome do detendo que só tem acesso quando estiver em liberdade. A jornada de trabalho é das 8h às 17h de segunda a sexta-feira.

Reportagem: Lívia Rangel  

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Divulgação / Prefeitura Municipal de Alfredo Chaves

Exposição promove encontro às cegas com livros na biblioteca de Anchieta

A exposição começa amanhã (29) e ficará em cartaz até o final do ano; Os livros encapados apresentam na embalagem apenas algumas pistas da leitura

estágio

Instituto do ES está com mais de 50 vagas para estágio na Grande Vitória

As bolsas variam entre R$450 e R$994, podendo ser complementadas com benefícios como Auxílio ou Vale Transporte e Alimentação na empresa

Anúncio
Anúncio
foto-vacina-Agencia-Brasil_

Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo é prorrogada até final de novembro

Foto: Reprodução / Agência Brasil

Polícia Militar abre vagas com salários superiores a R$ 4 mil

Para concorrer às vagas, os candidatos precisam ter formação e experiência na área da saúde

Anúncio
artista

Prefeitura realiza eleição para composição do Conselho de Políticas Culturais de Guarapari

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas, pessoalmente ou por procuração, até o dia 13 de novembro

meaipe_foto_folha_vitoria

Região de Meaípe registra novos óbitos por Covid-19, em Guarapari

Anúncio