Anúncio

Conselho Regional proíbe enfermeiros de realizarem exames em pacientes em Guarapari

Por Glenda Machado

Publicado em 11 de outubro de 2017 às 15:41
Atualizado em 11 de outubro de 2017 às 15:41

Anúncio

Por uma determinação do Conselho Regional de Enfermagem do Espírito Santo os enfermeiros, atuantes no Espírito Santo, estão impedidos de realizar qualquer tipo de exame nos pacientes atendidos em qualquer unidade de saúde, médica e hospitalar. Isso afeta todo o serviço de Saúde no Estado e não é diferente no município de Guarapari.

A proibição surgiu diante da existência da liminar da justiça federal, em ação impetrada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), proibindo a solicitação de exames laboratoriais e complementares por enfermeiros, e enquanto perdurar a tramitação do processo da decisão liminar.

O Conselho Regional de Enfermagem do Espírito Santo (Coren-ES) esclarece, em sua nota oficial, que o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) já ingressou com recurso processual para combater os efeitos desta decisão liminar. O Coren afirma ainda que a decisão foi tomada de forma a zelar para que a Enfermagem se resguarde de possível responsabilização Ética, Penal e Administrativa, o Coren-ES orienta, como medida cautelar, que sejam suspensas, temporariamente, a Coleta de Exame Citológico,  solicitação de exames laboratoriais de sangue, fezes e urina, nos Programas de Saúde Pública; testes rápido de HIV, sífilis e hepatites B e C; exames de pré-natal de baixo risco, na 1° consulta, no 2° e 3° trimestres; Ultrassonografia obstétrica, transvaginal, de mamas, de abdome total.

Cabe ao município de Guarapari, assim como aos outros municípios do Estado, acatar a suspensão, uma vez que, o não cumprimento pode gerar processos e punições. A Secretaria Municipal de Saúde informa que já enviou um oficio a todas as Unidades de Saúde comunicado a interrupção dessa prestação de serviço por parte dos enfermeiros e garante que tem estudado forma de amenizar a situação e oferecer atendimento à população de Guarapari.

Confira na integra a decisão e a nota explicativa do Coren:

Diante da existência da liminar da justiça federal, em ação impetrada pelo CFM, proibindo a solicitação de exames laboratoriais e complementares por enfermeiros, e enquanto perdurar a tramitação do processo da decisão liminar, o Coren-ES esclarece que o Cofen já ingressou com recurso processual para combater os efeitos desta decisão liminar.

E assim, zelando para que a Enfermagem se resguarde de possível responsabilização Ética, Penal e Administrativa, o Coren-ES orienta, como medida cautelar, que sejam suspensas, temporariamente, a Coleta de Exame Citológico e a solicitação dos seguintes exames:

– Todos os Exames laboratoriais de sangue, fezes e urina, nos Programas de Saúde Pública;

– USG Obstétrica;

– USG Transvaginal;

– USG de Mamas;

– USG Abdome total;

– Mamografia;

– Testes rápido de: HIV, Hepatites B e C, Sífilis;

– Exames de Pré Natal de baixo risco, na 1° consulta, no 2° e 3° trimestres.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

casagrande_governador_mapa_de_risco-2021-05-07

54° Mapa de Risco: Governo do Estado divulga novo Mapa e anuncia volta às aulas no Espírito Santo

As cidades de Guarapari e Anchieta seguem classificadas como de Risco Alto; Alfredo Chaves retorna a Risco Moderado

ocupação leitos

Quase dois meses depois, ES volta a ter menos de 80% de leitos de UTI contra Covid-19 ocupados

Índice representa um alívio na pressão sofrida pelos hospitais do estado, já que, durante pouco mais de um mês, entre março e abril, a taxa ficou acima de 90%

Anúncio

Anúncio

atendimento-computador-mulher-secretaria

Guarapari abre seleção para psicólogo e assistente social

coronavac-vacina_covid

Casagrande anuncia a chegada de 20 mil novas doses da Coronavac no ES

Anúncio

setur01-2

Equipe da Secretaria de Turismo do Estado visita atrativos turísticos de Anchieta

prainha_obra_edificacao_construcao

Câmara aprova Projeto de Lei que viabiliza regularização de edificações em Guarapari

Por meio do Programa de Regularização de Edificações (PRE), moradores poderão tirar o ‘Habite-se’ e regularizar suas edificações

Anúncio