Anúncio

De cada 10 candidatos a vereador, apenas 2 terminaram a faculdade

Por Livia Rangel

Publicado em 8 de setembro de 2016 às 10:06
Atualizado em 8 de setembro de 2016 às 10:26
Anúncio
Entre os candidatos a prefeito, seis possuem Superior completo, um tem Ensino Médio completo e um apenas o Fundamental completo.

Ser vereador é tarefa que exige grande responsabilidade e cada vez mais conhecimentos técnicos de legislação, para propor projetos de relevância social, e de gestão, para fiscalizar as ações do Executivo com segurança. Ou seja, requer muito estudo. Entretanto, segundo as leis eleitorais em vigor, para se candidatar a qualquer cargo eletivo é necessário apenas saber ler e escrever.

Usando como base o sistema de estatísticas eleitorais do TSE, o Folha da Cidade fez um levantamento do nível de escolaridade dos candidatos a vereador e prefeito de Guarapari nas Eleições 2016. Nele chamou a atenção o baixo número de candidatos com Ensino Superior Completo que disputam a Câmara Municipal. Dos 307 registrados, apenas 67 ou 21% do total possuem diploma de alguma faculdade.

Quando o cargo pesquisado é o de prefeito, a situação se inverte: dos oito candidatos, seis concluíram a faculdade, um tem o Ensino Médio e um terminou os estudos no nível Fundamental. Entre os vices, cinco têm diploma superior enquanto os outros três só concluíram o Ensino Médio.

Na mesma base de dados, é possível pesquisar o sexo, faixa etária, estado civil e ocupação dos candidatos. Entre os que desejam uma cadeira no legislativo, os dois cargos com maior número de representantes são o de comerciário (49) e comerciante (37).

RAIO-X DOS CANDIDATOS EM GUARAPARI – fonte TSE

 

PEC. Enquanto isso, tramita no Congresso Nacional uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece a exigência do diploma de ensino superior para candidaturas políticas. Se o projeto for aprovado, apenas pessoas que concluíram a faculdade poderão concorrer às cadeiras de presidente da República, governador, senador, deputado federal, estadual ou distrital, prefeito e vereador.

Autor do projeto, o deputado Irajá Abreu (PSD/TO) acredita que os políticos precisam ter uma “visão mais profunda da realidade brasileira, o que a disponibilidade de conhecimentos integrados por uma visão acadêmica pode propiciar com maior efetividade”. “Pretendemos elevar o nível dos debates e da legislação produzida em todas as unidades federativas”, afirma no documento. “Hoje, verificamos que muitos membros do Poder Legislativo possuem, inclusive, dificuldade de leitura”, completa.

 

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Divulgação

Prefeitura de Anchieta investe em obras na sede e no interior do município

Mesmo focada nas ações de prevenção a Covid-19, a Prefeitura segue com obras para dar mais segurança e qualidade de vida aos moradores

Foto: Reprodução

Coronavírus já infectou 19 idosos residentes e 10 trabalhadores em instituições de Guarapari

O crescimento percentual da Covid-19 nesses idosos no ES, de 22 de maio até 3 de julho, foi de 630%. A verificação é realizada em 36 municípios do Estado

Anúncio
Anúncio
MãesColorindo

Mães cobram acessibilidade para os filhos especiais em parques e praças de Guarapari

“Acessibilidade e inclusão significam que todos terão direito a usufruir dos serviços prestados com qualidade, que todos poderão explorar o ambiente sem nenhuma barreira e restrição” disse uma das mães.

caso canil pitbull

Polícia Civil de Guarapari investiga caso de brigas e mortes entre cães

Anúncio
31ba2ffa-fff3-45e2-ac13-5c8c5947830d

Moradores do bairro São Gabriel se unem para reformar casa de senhora em Guarapari

Os vizinhos se mobilizaram para construir um banheiro para a mulher de 59 anos, que tem câncer de mama e vive em situação precária

corona

Coronavírus: Guarapari registra mais dois óbitos e 30 novos casos

De acordo com o boletim epidemiológico mais recente, publicado na noite de ontem (08), o município totaliza 1178 casos e 53 mortes pela doença

Anúncio