Anúncio

Edson Magalhães preside CPI do Transcol

Por Glenda Machado

Publicado em 8 de abril de 2015 às 22:40
Atualizado em 8 de abril de 2015 às 22:40

Anúncio

CPI-TranscolMal começou seu primeiro mandato, o deputado estadual Edson Magalhães (DEM) já ganhou espaço de destaque na Assembleia Legislativa. Ele foi eleito como presidente da CPI que vai apurar denúncias de fraudes na licitação do Sistema e Transporte Coletivo (Transcol) e será acompanhado pelo vice Almir Vieira (PRP) o relator Euclério Sampaio (PDT) e o membro efetivo Sérgio Mageski (PSDB).

A composição foi definida em reunião extraordinária no dia 02 de março e tem 90 dias para apurar as irregularidades. “Não estamos aqui para fazer acusação. Existe uma denúncia, nós vamos apurar. Evidentemente não vamos tratar somente desse assunto. Isso vai abrir margem para que possamos realmente tratar de outras questões, como a superlotação e buscar melhorias para o transporte”, afirmou Magalhães.

As denúncias às quais o parlamentar se refere fazem parte de representação elaborada pelo Ministério Público de Contas que aponta 16 indicativos de irregularidades na licitação para prestação dos serviços de transporte público coletivo urbano municipal de Cariacica, Serra e Viana e intermunicipal da Região Metropolitana da Grande Vitória.

Como primeiro indicativo de irregularidade, o MP cita incoerências do estudo de viabilidade técnica e econômica apontadas pela Secretaria de Estado de Controle e Transparência (Secont) que não foram corrigidos pela Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop). Conforme informações da Secont citadas na representação, as alterações sugeridas teriam impacto financeiro em torno de R$ 13 milhões.

Outra acusação trata da regra que permite às próprias concessionárias que operem a Câmara de Compensação Tarifária e, em consequência, definam o valor do subsídio, bem como o sistema de bilhetagem eletrônica. Ao repassar a administração do sistema para as concessionárias, “a administração pública perde o completo domínio sobre a demanda e a oferta, não podendo, por conseguinte, aferir corretamente os valores tarifários”.

Reportagem: Gabriely Sant’Ana


É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

sergio_majeski_ellen_campanharo-ales

Covid-19: Indicação de Deputado orienta testagem em escolas com casos confirmados no ES

Indicação 390/21 orienta o teste e possível isolamento preventivo em escolas com casos confirmados de Covid-19 entre profissionais e alunos

Casagrande

Casagrande recebe convite para pré-candidatura à presidente

Anúncio

Anúncio

coletiva prefeitura

“A população precisa colaborar para não haver lockdown”, disse prefeito de Guarapari

Fachadas Pitágoras.com_

Guarapari: Faculdade Pitágoras disponibiliza mais de 100 cursos de extensão EAD gratuitos

Com inscrições até 10 de março, modalidade UP é direcionada a profissionais e estudantes no último semestre da graduação

Anúncio

guarapari_pesquisa_ouro_preto_pedras

Pesquisa da Universidade de Ouro Preto tem base em Parque de Guarapari

Projeto avalia durabilidade do concreto de escória de aciaria no Parque Morro da Pescaria

dentista-arquivo_folhaOnline

Em grupo prioritário, profissionais de odontologia de Guarapari não têm plano de vacinação contra Covid-19

Anúncio