Anúncio

Em visita a Guarapari, vice-governadora do ES fala sobre representatividade negra

Por Sara de Oliveira

Publicado em 18 de novembro de 2019 às 18:27
Atualizado em 18 de novembro de 2019 às 19:12
Anúncio

“Nós precisamos ocupar o espaço de fala, espaço de voz e espaço de decisão”, afirmou Jaqueline Moraes durante o fórum realizado na Câmara Municipal.

O fórum foi realizado nesta segunda-feira (18). Fotos: Hamilton Garcia.

Na tarde desta segunda-feira (18), a vice-governadora do Espírito Santo, Jaqueline Moraes, participou do fórum “Igualdade Racial o ano inteiro”, realizado na Câmara de Guarapari. O encontro, proposto pelo vereador Rogério Zanon (PSB), reuniu pesquisadores, políticos e membros da comunidade para debater políticas públicas de representatividade negra.

Durante o fórum, a vice-governadora falou sobre a própria trajetória de vida e o espaço que tem conquistado como mulher negra. “Eu sempre fui dessa luta, dessa resistência. Para mim, é importante saber que a câmara está com essa proposta de pauta e está debatendo esse tema”.

Vice-governadora do Espírito Santo, Jaqueline Moraes e o vereador Rogério Zanon.

Jaqueline enfatizou que, ao longo dos anos, as políticas públicas voltadas para negros estão aumentando com o surgimento de coletivos e instituições de representatividade. No entanto, o avanço ainda é lento, segundo a vice-governadora. “A gente quer que seja mais rápido e, para isso, é preciso fortalecer espaços como o de hoje”.

Celine Alves, secretária do Segmento Negritude do PSB Guarapari, também participou da discussão, abordando temas como o racismo estrutural. Mãe de dois filhos, Celine destacou a importância de ações de combate às violências sofridas pelos negros. “O negro passa por racismo o ano inteiro. Esse dia 20 é o dia de nós relembrarmos que nós precisamos de espaço e que nós temos qualificações”.

Celine Alves, secretária do Segmento Negritude do PSB Guarapari.

O professor Antônio Silva falou sobre o racismo sofrido por crianças e adolescentes durante o processo de adoção. De acordo com o pesquisador, um dos principais obstáculos para crianças que buscam por um lar é a cor da pele. “A gente percebe que existe um racismo institucional. Até dentro do processo de adoção você tem que escolher o perfil étnico que você quer para a sua casa”.

Para Antônio, o problema pode ser revertido com ações de conscientização. “A informação é necessária e indispensável. É preciso mostrar que ter filho não precisa estra relacionado à questão étnica”.

Professor Antônio Silva.

O fórum também homenageou o trabalho desenvolvido por Matuzalém Ribeiro que, por meio do grupo Beleza Negra, fortalecia a autoestima de homens, mulheres e crianças negras. Simão Pedro Pinheiro Gonçalves, membro da diretoria executiva do grupo, enfatizou a importância da homenagem ao ativista, que faleceu em junho deste ano. “Foi um cara que levantou uma bandeira que ninguém dava apoio, ninguém dava uma oportunidade de fala, de voz e de manifestação”.

O vereador Rogério Zanon, proponente do fórum, afirmou que a motivação para realizar o encontro surgiu das próprias raízes familiares. Filho de um homem negro, o parlamentar ressaltou a importância da discussão e da presença da vice- governadora. “Agradeço a honra de tê-la aqui com a gente e tenho certeza que vai somar muito para a cidade de Guarapari, porque tudo aquilo que é sério tem que ser colocado para a sociedade. Nós estamos aqui abordando mais um ponto importante para a nossa sociedade, que é a consciência negra”.

Jaqueline Moraes ressaltou a importância do fórum e parabenizou a instituição do dia da consciência negra como feirado municipal em Guarapari. Para a vice-governadora, os avanços conquistados pelo povo negro precisam prosseguir. “Toda conquista precisa manter a resistência. Eu estou aqui representando uma parcela da população que, muitas vezes, estão ocupando os morros, as favelas e as comunidades mais carentes, mas eu estou aqui ocupando um espaço de poder e eu quero ser a representação dessas pessoas”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

estágio

Instituto do ES está com mais de 50 vagas para estágio na Grande Vitória

As bolsas variam entre R$450 e R$994, podendo ser complementadas com benefícios como Auxílio ou Vale Transporte e Alimentação na empresa

foto-vacina-Agencia-Brasil_

Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo é prorrogada até final de novembro

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução / Agência Brasil

Polícia Militar abre vagas com salários superiores a R$ 4 mil

Para concorrer às vagas, os candidatos precisam ter formação e experiência na área da saúde

artista

Prefeitura realiza eleição para composição do Conselho de Políticas Culturais de Guarapari

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas, pessoalmente ou por procuração, até o dia 13 de novembro

Anúncio
meaipe_foto_folha_vitoria

Região de Meaípe registra novos óbitos por Covid-19, em Guarapari

cão e gatp

Prefeitura de Guarapari promove castração gratuita de cães e gatos

Serão atendidos moradores dos bairros Itapebussu, Camurugi, Recanto da Sereia, Andana e Jaboticaba

Anúncio