Anúncio

Ensino Superior: Anchieta poderá ter cursos de Instituições Federais

Por Glenda Machado

Publicado em 29 de março de 2017 às 12:11
Atualizado em 29 de março de 2017 às 12:11

Anúncio

O município de Anchieta conta atualmente com milhares de estudantes de Ensino Superior. A maioria deles precisa se deslocar para outras cidades, uma vez que o oferecimento de faculdades por aqui é pequeno. Segundo dados da Prefeitura Municipal, o transporte universitário atende atualmente 946 alunos nos períodos matutino, vespertino e noturno. Os destinos são faculdades e escolas técnicas de Guarapari, Vitória, Vila Velha, Cachoeiro de Itapemirim e Piúma.

Essa realidade reflete em duas problemáticas principais: a necessidade de que alunos migrem para outras localidades, muitas vezes com longas e cansativas viagens, custo extra para finalização dos estudos, e risco que ocorre nos deslocamentos; além disso, há o incremento aos cofres municipais, por conta do investimento em transporte universitário para outras cidades, com aporte em veículos, sua manutenção e combustível.

anchieta-ensino-superior

Reunião para implantação do polo UAB, em Anchieta. foto: Assessoria de Comunicação da Câmara de Anchieta.

Por isso, o vereador Renato Lorencini (PSB), convidou a secretária municipal de Educação, Janinha Gerke, para um encontro na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) para negociar a implantação de um polo da Univerdade Aberta do Brasil (UAB) para o oferecimento de cursos de graduação e pós-graduação da Ufes, Ifes e outras instituições federais em Anchieta.

Lorencini e Janinha estiveram reunidos com os professores coordenadores da iniciativa no Estado, professores Júlio Francelino Ferreira Filho e Maria José Campos Rodrigues, da Ufes e Mariella Berger Andrade, coordenadora da UAB no Ifes. Foram apresentados os requisitos para a instalação do polo, bem como informações sobre o processo para sua implementação.

“É de extrema importância termos a oferta de cursos de Ensino Superior em Anchieta para capacitação e formação de nossos moradores. Além da apresentação do projeto com as intenções de instalação, cursos pretendidos, é necessária a criação de uma lei do polo. Por isso, seremos parceiros do Executivo para que possamos ter cursos aqui. Inicialmente o foco estaria em cursos para a formação de professores, uma necessidade latente e extremamente importante já apontada pela Secretaria de Educação”, ressaltou Lorencini.

A aceitação de um polo é feita por meio de um edital lançado pela UAB. A previsão é de que o documento seja lançado ainda neste ano. O município se inscreve e, caso apresente os requisitos (estrutura, demanda, entre outros) exigidos, são realizadas vistorias e demais procedimentos para o seu funcionamento.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

mathilde-exposicao-ftografica-2021-07-27

Alfredo Chaves: resistência é tema de exposição fotográfica na Estação de Mathilde

Julio-Joaquim-folhaonline-27-e-29Jul-2

Edital de Citação – Imóvel Usucapiendo

Anúncio

Anúncio

Área Condados

Desmatamento em Guarapari é denunciado; prefeitura informa que local tem autorização do Idaf

lei_de_incentivos_fiscais-2021-07-27-2

Nova lei de incentivos fiscais busca atrair novos olhares para economia de Anchieta

Anúncio

Meaípe

Início da recuperação da orla de Meaípe e da ES 060 está previsto para os próximos dias em Guarapari

Representantes do Governo do ES visitaram o bairro na última sexta-feira (23) e anunciaram que os serviços na região devem começar em alguns dias

mutirao3_instituto_amar-2021-07-26

Mutirão removeu cerca de uma tonelada de plástico entre praias de Guarapari

Anúncio