Anúncio

Entidades pedem ao TJ agilidade nos processos de Edson

Por Livia Rangel

Publicado em 16 de abril de 2012 às 00:00
Atualizado em 12 de fevereiro de 2015 às 19:42

Anúncio

O presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES), o desembargador Pedro Valls Feu Rosa, recebeu representantes de 20 entidades de Guarapari, da ONG Transparência Capixaba e da OAB-ES. Na ocasião, o grupo denominado apartidário entregou um documento ao desembargador, em que pede agilidade na apreciação de processos que já transitaram em julgado na Vara da Fazenda Pública de Guarapari, nos quais o prefeito Edson Magalhães foi condenado por Improbidade Administrativa em mais de uma ação.

A preocupação do grupo é que possa haver dúvidas sobre a lisura dos atos do prefeito a frente da administração municipal.  “Só queremos que o processo eleitoral seja limpo. Queremos uma discussão eleitoral e não processual”, disse o secretário da Transparência Capixaba, Délio Prates. 

“(…) Nós, signatários deste documento, entendemos que a população de Guarapari não merece assistir ao desenrolar de um processo eleitoral onde a participação de um dos seus principais atores está cercada de dúvidas o que poderá com certeza dificultar a decisão de cada eleitor na hora do voto e pior ainda, tornar o processo eleitoral de Guarapari motivo de chacota e passível de ser invalidado”, diz trecho do documento apresentado ao desembargador.  

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Sine de Anchieta tem 46 vagas com oportunidades para Guarapari, Anchieta e região

Praça Virtudes4

“É um faz e refaz, desperdício de dinheiro público”, diz moradora de Guarapari sobre a Praça das Virtudes

Anúncio

Anúncio

operações PM

PM detém suspeito que fugiu de acidente de trânsito em Guarapari

familia-acolhedora

Guarapari realiza formação para quem deseja participar do Programa Família Acolhedora

Anúncio

montagem terreno Ipiranga2

Guarapari: dona de imóvel no Ipiranga reclama da falta de ordenamento público no bairro

De acordo com o relato, no local há um terreno abandonado acumulando lixo, um ônibus estacionado na rua com uma família morando e calçada sendo usada como varal de roupa

frio-inverno

Inverno começa com alerta de queda de até 5°C nas temperaturas em Guarapari

O alerta emitido pelo Inmet aponta frio intenso em 35 cidades do Estado

Anúncio