Anúncio

Esgoto e construções irregulares mudam cenário do Canal de Guarapari

Por Glenda Machado

Publicado em 1 de junho de 2015 às 23:13
Atualizado em 1 de junho de 2015 às 23:24

Anúncio


Poluição e pesca predatória também fazem parte da paisagem  

GOPR1794

ESGOTO é jorrado no mangue sem tratamento.

Imagine fazer uma trilha marítima pelo canal de Guarapari. Uma ótima ideia não é mesmo? Admirar aquelas belas paisagens e ainda se deparar com a flora e a fauna do mangue… Tudo seria lindo se não fossem os flagras que um dos nossos leitores registrou diante da indignação com a poluição, esgoto, a invasão de construções irregulares e pesca predatória de uma área que deveria ser de preservação ambiental.

“O grito silencioso do canal nota-se pelo descaso com que é tratado. Construções irregulares e até ilegais. Até hoje, o poder econômico continua sendo mais forte que o ecológico. A esperança é que um dia inverta-se esta verdade. Um potencial turístico incalculável que está morrendo aos poucos”, desabafa o empresário, Eduardo Nobre de Lima. Ele que é um amante da natureza e trabalha com stand up.

GOPR1766

INVASÃO em área de preservação ambiental.

Ele rema quase todos os dias da Prainha até Concha D’Ostra. Isso há mais de dois anos em horários diferentes e nunca se deparou com um barco de fiscalização. Por outro lado, quase que frequente, avista barcos que jogam redes de pesca que atravessam o canal matando o pouco de vida que tenta sobreviver no ecossistema local. Afinal, há anos o esgoto é lançado no manguezal sem tratamento algum e a cada dia em proporções maiores.

“É muito triste ver aquele esgoto jorrando, tem dia que o cheiro é insuportável. O lixo é um caso à parte, tem de tudo, sacola, pneu, madeira, chinelo…  No entanto, os aterros conseguem ser mais cruéis. Invasão descarada.Também não vemos campanhas educativas, de conscientização nem mutirões de limpeza”, adverte Eduardo.

O Folha da Cidade foi atrás de respostas junto à Prefeitura de Guarapari. A administração municipal informou que são realizados palestras e debates ambientais nas escolas sobre poluição ambiental, resíduos irregulares e coleta seletiva pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Quanto ao esgoto esclareceu que é proveniente do Centro. “Não há estação de tratamento de esgoto (ETE) para ligar à rede existente. Com a previsão de conclusão da ETE Kubitscheck/Olaria para julho deste ano, todo o esgoto proveniente da rede que é lançado hoje no canal será direcionado para o tratamento”.

A Prefeitura ainda destacou que haverá uma intensificação da fiscalização das construções irregulares e que vai acionar os órgãos competentes para verificar a questão da pesca predatória, no caso Ibama, Polícia Ambiental e Iema – este que é o gestor da Unidade de Conservação Reserva de Desenvolvimento Sustentável Concha D’Ostra.

“O canal faz parte da UC de Concha D’Ostra. Esta reserva, como o próprio nome diz, é de desenvolvimento sustentável onde é permitida várias atividades desde que controladas, como a pesca. As restrições são referentes ao tamanho da malha e do pescado, além das épocas de defeso das espécies. Atualmente estamos no defeso do camarão e do robalo”.

GOPR1842

Uma imagem para nos lembrar de respeitar e preservar o meio ambiente!!!

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp-Image-2021-12-03-at-5.53.51-PM-1

84° Mapa de Risco Covid-19: ES continua em Risco Baixo na próxima semana

creches-guarapari-2021

Prefeitura autoriza obras de mais uma creche em Guarapari

Considerando as assinaturas de ordem de serviço realizadas na última sexta-feira (26), são 05 obras autorizadas em uma semana

Anúncio

Anúncio

Casa de apoio Hifa

Hifa Guarapari está entre entidades beneficiadas por programa do Governo do ES

Hospital Infantil Francisco de Assis é uma das entidades que podem receber recursos do programa Nota Fiscal Premiada

DCIM\107MEDIA\DJI_0024.JPG

Samarco direcionou R$ 587 mi. para fornecedores de Anchieta e áreas de atuação

Empresa realizou balanço de um ano do programa Força Local, que desenvolve empresas para integrarem o quadro de fornecedores da Samarco

Anúncio

Anchieta-Credito-da-Foto-Andrews-Quinteiro_

Anchieta é lançada na rota do turismo nacional

radium-arquvo-foes

Radium Hotel vai sediar museu e escola técnica voltados para turismo em Guarapari

Anúncio