Anúncio

Família procura por senhora desaparecida em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 28 de janeiro de 2021 às 14:00

Anúncio

Família procura por senhora desaparecida em Guarapari
Foto: arquivo pessoal.

A família Lindaura Ferreira do Carmo, 84 anos, está em busca da senhora que desapareceu na manhã dessa quarta-feira (27). Dona Lindaura saiu de casa, bairro Coroado, onde mora com uma filha, Helena Passo, para visitar a outra filha, Márcia Passos no bairro Olaria. Desde então ela não foi mais vista.

“Minha vó sai ontem de manhã de casa e não chegou até a casa da minha tia. Até agora não sabemos onde ela está. Ontem a noite recebemos a informação que ela foi vista no bairro Village do Sol, mas não a encontramos”, relatou Carina Passos, neta de Lindaura.

Carina contou que a avó tem Alzheimer* o que preocupa ainda mais a família. “Nosso medo é que ela consegue andar de ônibus gratuitamente e pode estar em qualquer lugar. Mesmo idosa e com a doença, fala e se articula muito bem”.

Qualquer informação, entrar em contato com Carina (27) 9 9971-9134 ou com o irmão dela, Rodrigo (28) 9 9999-5215.

*causa mais comum de demência – um grupo de distúrbios cerebrais que causam a perda de habilidades intelectuais e sociais. Na doença de Alzheimer, as células cerebrais degeneram e morrem, causando um declínio constante na memória e na função mental.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Casa de Apoio Matheus Garcia (3)1

Casa de Apoio busca ajuda para doação de cestas de Natal e caixas de leite aos necessitados em Guarapari

sangue_hemocentro_doacao_hemoes

Projeto social realiza 3ª campanha de doação de sangue em Guarapari

Anúncio

Anúncio

copa sicoob 2

Com apoio do Sicoob Sul Litorâneo, Alfredo Chaves retoma o campeonato de futebol amador

proerd-dez-2022-5

Estudantes da rede municipal participam de formatura do Proerd em Guarapari

Anúncio

coluna-antonio-03dez

Coluna Dom Antônio: Délio Simões Pádua, um dos primeiros empreendedores de Guarapari

fogos

Venda de fogos de artifício com barulho está proibida no Espírito Santo

Anúncio