Anúncio

Festa da Imigração Italiana, em Buenos Aires, reuniu mais de 3 mil pessoas

Por Glenda Machado

Publicado em 17 de abril de 2018 às 17:05
Atualizado em 17 de abril de 2018 às 17:33
Anúncio

Mais de 3 mil pessoas participaram da 1ª Festa da Imigração Italiana, em Buenos Aires, interior de Guarapari. Em dois dias de animação, a comunidade superou as expectativas de quem participou do evento com muita música raiz, gastronomia local e de quebra as belas paisagens naturais.

De acordo com um dos organizadores e também presidente da Associação de Moradores e Pequenos Produtores de Buenos Aires (Amproba), Job Brambati, o objetivo foi promover a integração das famílias italianas da comunidade. “A gente sempre teve o habito de fazer festas entre as famílias de uma forma mais reservada, só para a própria comunidade mesmo. São mais ou menos dez famílias de origem italiana aqui em Buenos Aires, e que estão na região há mais de 50 anos”, disse.

A região que é composta por Arpinis, Brambatis, Maioles, entre outros sobrenomes típicos da Itália. Muitos deles vieram de Alfredo Chaves em 1920 para construir casas e povoar o local. Um exemplo foi a família do Sr. Virgínio. Filho de Lourenço Brambati, um dos primeiros colonizadores do local, lembra com saudade da época em que foi morar em Buenos Aires.

“Meu pai veio de Cabeça Quebrada, em Alfredo Chaves. Ele foi um dos primeiros italianos que vieram aqui. Acho muito importante e lindo essa festa que nos faz lembrar a nossa juventude e tudo que passamos aqui na infância”, relembrou.

As apresentações de coral e danças foram um sucesso, inclusive banda de congo dos quilombolas. E quem fez a festa foram os próprios moradores que colocaram literalmente a mão na massa, desde a produção até as deliciosas comidas. “As pessoas que estão trabalhando aqui todas são voluntárias e da comunidade. Todo o preparo foi feito aqui entre comunidade, desde às 4 horas da manhã no fogão a lenha. Com o retorno financeiro do evento vamos investir esse dinheiro dentro da própria comunidade para melhorar sempre a nossa estrutura para as próximas festas”, completou Everaldo Arpini, que também fez parte da organização do evento.

Para a turista Sílvia Regina do Carmo, de Vila Velha a festa foi muito boa. “Não sabia que Guarapari tinha tantas famílias italianas e essa região de montanha tão bela, tudo superou minhas expectativas tomara que tenha mais ano que vem”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

la vie (2)

Guarapari: universitária abraça sonho e troca engenharia por culinária

A estudante trabalha de forma individual e possui planos para expandir o próprio negócio alimentício

WhatsApp Image 2020-10-20 at 13.14.58

Indústria familiar de pães e bolos é exemplo de sucesso em Alfredo Chaves

Anúncio
Anúncio
guarapari

Mudança no hábito dos mineiros: Não trazer carne x Levar peixe!

coronavírus-550x309-1

Covid-19: 169 pessoas são consideradas doentes em Guarapari

Anúncio
IMAGEM PARA COMPOR O ARTIGO

Artigo: Acordos extrajudiciais trabalhistas em tempo de pandemia

WhatsApp Image 2020-10-05 at 18.57.20

Casal de Guarapari faz sucesso com artesanatos esculpidos em madeira

Anúncio