Anúncio

Governo do ES entrega 21 novas viaturas para as polícias Militar e Civil

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 31 de maio de 2021 às 10:40
Atualizado em 1 de junho de 2021 às 12:12

Anúncio

Governador Casagrande no momento da entrega dos veículos. Fotos: Hélio Filho/Secom.

O governador do Estado, Renato Casagrande, realizou, na manhã da última quinta-feira (27), a entrega de 21 novas viaturas para as polícias Militar e Civil. A solenidade foi realizada no pátio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), em Vitória. Todos os veículos são caminhonetes modelo Nissan Frontier e vão atender o setor de Perícia da PCES e as Forças Táticas das unidades da PMES na Região Metropolitana. Cada unidade teve custo de R$ 148.450,00.

Em sua fala, Casagrande destacou que o investimento compõe o projeto de reestruturação das forças de segurança, dentro do escopo do programa Estado Presente em Defesa da Vida.

“Estamos realizando mais uma entrega de viaturas para equipar e dar condições às nossas forças de segurança. São viaturas para a Polícia Militar e também para a Perícia Técnica da Polícia Civil. Nossa equipe está produzindo, respondendo a esse momento difícil que vivemos e ainda trazendo resultados. Essas viaturas têm computadores embarcados, com uma rede wi-fi de alta potência para que o policial possa acionar o Ciodes ou puxar os dados necessários de quem está abordando. É a tecnologia no enfrentamento da criminalidade”, disse o governador.

O secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Alexandre Ramalho, reforçou a importância de mais essa grande entrega às instituições, demonstrando que é uma prioridade do Governo em dar mais estrutura de trabalho e dignidade aos servidores que estão na linha de frente no combate e resolução de crimes.

“Mais uma vez o governador Renato Casagrande demonstra toda a sensibilidade com a Segurança Pública e não mede esforços para recuperar as estruturas das instituições. São caminhonetes excelentes que vão ajudar, tanto no patrulhamento ostensivo, com a atuação das Forças Táticas, como na elucidação de crimes ocorridos, com suporte do trabalho de Perícia da Polícia Civil em todo o Estado. O programa Estado Presente tem foco na preservação da vida, mas também nessa reestruturação física das polícias, que estão dando um excelente retorno à sociedade capixaba”, afirmou Ramalho.

“A Polícia Militar já investiu, em nossa gestão, R$ 18 milhões na aquisição de viaturas e já foram liberados mais R$ 30 milhões pelo governador Renato Casagrande. É uma importante renovação da nossa frota, com computador embarcado, dando mais segurança, conforto e eficiência aos nossos militares, na prestação de um serviço de qualidade para a sociedade capixaba”, pontuou o comandante-geral da PMES, coronel Douglas Caus.

“É uma grande entrega para o nosso setor de Perícia, que atende locais de crime em todo o Espírito Santo. Já foram R$ 8 milhões investidos em viaturas para nossas unidades, além dos R$ 40 milhões em investimentos, sob orientação do nosso governador Renato Casagrande, na área de tecnologia. São importantes entregas e um legado que vamos deixar na instituição”, comentou o delegado-geral da PCES, José Darcy Arruda.

*Com informações: Governo do ES.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

rambutan-1

Rambutan: fruta exótica no Brasil é produzida em Guarapari

De origem asiática, o fruto é encontrado na propriedade do José Antônio Ofrante, em Rio Claro

Crimes virtuais

Artigo: crime virtuais; como se proteger e denunciar

Anúncio

Anúncio

guara-de-ouro-gri-2021-09-18-2

Guará de Ouro: solenidade homenageia lideranças locais e do ES que trabalham por Guarapari

capa_Medidor-de-velocidade-radar-FernandoMadeira-ales

Assembléia aprova lei que proíbe radares ocultos em estradas do ES

Anúncio

73o-MAPA-DE-RISCO-20.09-a-26.09

Governo do Espírito Santo divulga 73º Mapa de Risco Covid-19

vacina_es

Guarapari abre novo agendamento para terceira dose de vacina da Covid-19

Serão atendidos idosos com 60 anos ou mais que tomaram segunda dose de qualquer vacina da Covid-19 há cinco meses ou mais

Anúncio