Anúncio

Governo estadual vai distribuir repelentes para grávidas

Por Livia Rangel

Publicado em 28 de dezembro de 2015 às 10:45
Atualizado em 28 de dezembro de 2015 às 10:45

Anúncio

gravida-repelenteNeste verão, um novo produto virou companheiro inseparável das grávidas: o repelente. Mas está cada vez mais difícil encontrá-lo nas prateleiras. De olho no avanço dos índices de zika e microcefalia no Espírito Santo, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) adquiriu 75 mil frascos dos produtos, que serão distribuídos com prioridade para as gestantes. A previsão é de que o produto seja entregue até o dia 11 de janeiro.

Em coletiva, a gerente de Vigilância em Saúde da Sesa, Gilsa Rodrigues, explicou que o produto será distribuído nas unidades básicas de saúde, durante as consultas de acompanhamento pré-natal. “A melhor forma de entrega para as grávidas será em suas consultas de pré-natal. O objetivo da aquisição do repelente é atender a toda gestante do Estado”, explica. Ainda segundo Gilsa, o decreto de situação de emergência do governo do Estado possibilitou dar mais celeridade à aquisição do produto.

Além do uso do repelente, a Sesa reforça que as gestantes continuem adotando as medidas para evitar a picada do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, como o uso de roupas longas, utilizarem telas em portas e janelas e mantê-las fechadas no período de circulação de mosquitos, e principalmente, eliminar possíveis criadouros em suas residências.

Reforço no fumacê. Também foram adquiridos 57 mil litros de inseticidas para serem utilizados pelos veículos UBV (popularmente conhecidos como carro fumacê) no controle do vetor adulto do mosquito. A previsão é de que nesta segunda-feira (28), a Sesa receba 20 mil litros do inseticida. Para que os municípios possam utilizar o produto, motoristas e operadores serão capacitados para aplicação.

A capacitação inicia nesta segunda (28) com o município de Serra, depois com os municípios de Vitória, Vila Velha, Aracruz e Viana. Já na outra semana, serão capacitados os municípios de Cachoeiro de Itapemirim, Guarapari, Cariacica, Linhares, Colatina e São Mateus.

NÚMEROS

Até a última quarta-feira (23) o Espírito Santo registrou 825 casos suspeitos de infecção pelo zika vírus, sendo 09 confirmados laboratorialmente (08 em Vitória e 01 em Vila Velha). Foram notificados 25 bebês, entre nascidos e em gestação, diagnosticados com microcefalia, mas ainda sem confirmação de relação com o zika vírus.

Em relação à dengue, foram notificados 39.751 casos da doença entre 04 de janeiro e 19 de dezembro de 2015 no Espírito Santo. Destes, 947 são suspeitos da forma grave, 28 são óbitos confirmados e 19 são óbitos sob investigação.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Anchieta-Credito-da-Foto-Andrews-Quinteiro_

Pelo quarto ano consecutivo, Anchieta recebe nota A do Tesouro Nacional

pfizer

Guarapari: ação de vacinação sem agendamento para adolescentes com comorbidades

Anúncio

Anúncio

ameazul-praia

Moradores da Enseada Azul, em Guarapari, realizam ação de limpeza neste sábado (18)

Ação é uma adesão ao Dia Mundial da Limpeza

Comunicado - 17-09-2021

Comunicado – 17/09/2021

Anúncio

pfizer

Vacinação dos adolescentes é mantida no Espírito Santo

O Ministério da Saúde suspendeu a imunização do público de 12 à 17 anos sem comorbidades

afrochaves-estacao-da-cultura-2021-09-16-4

Resistência preta marca abertura do Estação da Cultura em Alfredo Chaves

Anúncio