Anúncio

Greve: ônibus pararam de circular nesta terça-feira (27) em Guarapari

Sindicato e empresa não entraram em acordo sobre pagamentos e os funcionários decidiram parar

Por Aline Couto

Publicado em 27 de abril de 2021 às 09:24
Atualizado em 27 de abril de 2021 às 17:45

Anúncio

Fotos: reprodução.

O transporte coletivo de Guarapari amanheceu nesta terça-feira (27) sem circular. Os funcionários da Expresso Lorenzutti não entraram em acordo com a empresa com relação aos atrasos em pagamentos. Eles alegam que a empresa não tem cumprido os compromissos assumidos para o pagamento de salários e benefícios que se encontram em atraso.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Guarapari (Sintrovig-ES), Wanderley Gonçalves, apesar da decisão pela greve, 30% da frota já está nas ruas conforme determinado por lei.

Wanderley contou que ontem (26), durante todo o dia, houveram reuniões na intenção de resolver a questão dos atrasos nos pagamentos dos tickets. “A Lorenzutti fez uma contra proposta que não foi aceita pelos funcionários. Eles queriam pagar os já atrasados em mais parcelas, dividido entre essa semana e semana que vem. Os trabalhadores queriam receber o ticket de forma integral, já que esse débito é do ano passado, e ter uma data exata para receber o pagamento em dia”.

A princípio não há data para o fim da paralisação. “Depende da empresa com uma nova contra proposta a ser avaliada. Por enquanto estamos aguardando nossos direitos”, enfatizou o presidente da Sintrovig.

Posicionamento Lorenzutti

“Informamos que diferente do que vem sendo divulgado que a empresa está com atraso de 60 dias no pagamento, essa afirmativa não é verdadeira!

A empresa pagou metade do salário do dia 10, bem como pagou integralmente a 3 parcela do acordo, ou seja, estamos com atraso de 16 dias.

Quanto a ticket estamos com atraso de 6 dias…. visto que venceu no dia 20.

Isso com muito esforço, visto que a empresa só pôde operar no mês de abril 5 dias, ficando 21 dias parada por força do Decreto Estadual da pandemia da COVID 19.

Contamos com a colaboração de todos para que juntos possamos enfrentar esta segunda onda desta doença COVID 19”.

Em tempo

Na última quinta-feira (22) houve uma paralização total dos funcionários da Expresso Lorenzutti, porém os ônibus voltaram a circular no dia seguinte. No entanto, apesar do retorno dos coletivos, os funcionários já haviam apresentado um Edital de Greve comunicando a paralização a partir dessa terça-feira (27), caso a empresa não apresentasse novas propostas aceitas pelos funcionários.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Guarapari vai sediar retomada dos Jogos Escolares do Espírito Santo em setembro

De acordo com Secretaria Estadual de Esporte e Lazer, evento deve contar apenas com municípios campeões das últimas etapas realizadas em 2019

artigo-2-2021-07-30-1

Artigo: danos morais no Direito do Trabalho

Anúncio

Anúncio

cover-painel-covid-19-julho01

Guarapari teve 12 óbitos e 460 novos casos de Covid-19 em julho

Números apresentam queda, em relação ao mês anterior

notificação covid

Taxa de transmissão da Covid-19 é a menor no Espírito Santo desde o início da pandemia

Dado foi divulgado em pronunciamento para apresentação do 66° Mapa de Risco Covid-19

Anúncio

progressao-salarial-professores

Guarapari vai pagar R$1,06 milhão de Progressão aos profissionais da Educação

pronunciamento-16.11.22

66° Mapa de Risco mantém Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves em risco baixo para Covid-19

Anúncio