Anúncio

Guarapari 130 anos: família nômade se encanta com as belezas da “Cidade Saúde”

Por Aline Couto

Publicado em 19 de setembro de 2021 às 12:00
Atualizado em 21 de setembro de 2021 às 08:32

Anúncio

Praia de Meaípe. Fotos: arquivo pessoal.

Uma família nômade do Rio Grande do Sul está de passagem por Guarapari e se surpreendeu com as belezas do município. “Desde que colocamos os pés na cidade estamos tendo experiências incríveis. As praias são limpas, organizadas e a infraestrutura da cidade é ótima, pontos turísticos bem sinalizados e ruas bem cuidadas”, contou Ana Paula.

A advogada, de 38 anos, viaja junto ao marido Douglas, engenheiro de software de 36, dos filhos, José Henrique, três anos, e Emma, de um ano e cinco meses. Além dos cachorros, Harley e Eva, um Lhasa Apso e uma Pequinês.

O casal, juntos há oito anos, já viajou no estilo “mochilão” por 16 países. Mas, com a chegada da pandemia e do isolamento social, decidiram que era hora de juntar toda família e colocar o pé na estrada.

“Adoramos viajar! Mas aí veio a pandemia, que nos levou ao isolamento social e ao derradeiro Home Office em tempo integral, e concluímos que uma maneira segura de mantermos nosso isolamento combinado com o amor por viajar seria seguirmos de carro com nossa família pelo Brasil. Aliado a isso, as crianças não estão em idade escolar obrigatória, o que pesou demais na tomada da decisão”, explicou Ana.

Praia de Setiba.

Com a decisão tomada, o casal providenciou a venda dos móveis e a troca do carro, para um com maior conforto e segurança para a viagem. Esse processo, entre a tomada da decisão e a efetiva partida, durou 74 dias. Depois, foi só iniciar a aventura pelo país que aconteceu no dia 17 de julho deste ano e não tem data para acabar.

A família não tem itinerário totalmente definido, mas a escolha pelos destinos e acomodações é feita com antecedência.

“Escolhemos tudo com certa antecedência, o que nos permite melhor organização com as crianças e os pets. Viajamos no formato slow travel, que significa viagem lenta, o que nos permite conhecer com calma os locais escolhidos. Nossas hospedagens duram em média de 15 a 30 dias em cada lugar e optamos por casas sem piscina e escadas, com cozinha equipada e máquina de lavar roupas, o que nos reduz gastos”.

Antes de chegarem ao Espírito Santo, à família passou pelo Rio de Janeiro e conheceu Búzios, Arraial do Cabo e Cabo Frio. Aqui no Estado, pela primeira vez, eles já passaram por Vitória, Vila Velha, Domingos Martins, e ficam em Guarapari até domingo (19), quando a cidade completa 130 anos de emancipação política.

Praia do Morro.

“Não conhecíamos o Espírito Santo e estamos deslumbrados com a beleza, organização e o carisma dos capixabas. Guarapari, então, é incrível! E uma coisa nos chamou bastante atenção, a quantidade de praias na cidade, contamos no mapa mais de 50 praias, o que nos dá uma dor no coração de não ter destinado pelo menos mais 15 dias para a estadia”, relataram.

Sobre a comemoração deste domingo, o casal disse ser uma pena partirem exatamente no dia festivo.

“Partiremos dessa cidade maravilhosa no dia do aniversário, com o sentimento de que ficamos pouco tempo e o desejo de retornar assim que possível. O povo daqui é super gentil e hospitaleiro, sem contar as iguarias que provamos, como Peroá e mandiocas fritas, são especialmente deliciosas”, exaltaram.

Praia da Bacutia.

A próxima parada da família nômade é a cidade de Arraial d’Ajuda, na Bahia.

“Estamos indo sentido Lençóis Maranhenses, muito provavelmente nossa viagem terá por destino final o Rio Grande do Sul, nosso estado de origem, porém, estamos totalmente abertos a mudanças de rumo. Talvez o sul seja mais um ponto de passagem dependendo de quando chegarmos por lá, o que segundo nosso roteiro flexível estimamos ser em meados de setembro de 2022”.

Praia das Castanheiras.

A aventura da família é contada em tempo real no Instagram: @familianiemeyer.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

idosos vacina

Ação sem agendamento vai aplicar terceira dose de vacina da Covid em idosos de Guarapari

Ação acontecerá em formato drive-thru

chuva_2_2_0

Previsão de chuva e ventos intensos até amanhã (20) em Guarapari

Segundo o alerta, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas

Anúncio

Anúncio

Edital-Citação_UBU-01

Edital de Citação

vacina pfizer crianças

Aplicação da D1 e D2 contra a Covid-19 no ES pode ser realizada com vacinas diferentes

A autorização para a mudança na aplicação foi divulgada ontem (18) pelo secretário Nésio Fernandes

Anúncio

guarita

Após reunião sobre guarita desativada, vereador de Guarapari solicita encontro com secretários

Os moradores do Centro pedem a volta do funcionamento da guarita, vídeo monitoramento, guarda municipal e posto de apoio aos turistas

vacina-astrazeneca-868x644

Prefeitura de Guarapari abre agendamento para segunda dose de vacina da AstraZeneca

Anúncio