Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

Guarapari City Tour: Mais um sonho que pode ser real

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 19 de julho de 2020 às 09:00
Atualizado em 20 de julho de 2020 às 12:06

Anúncio

Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

O bom deste sonho é que ele já é realidade. As grandes ou boas cidades do mundo, com vocação turística, tem ônibus para fazer city tour e conhecer a cidade de uma vista geral para depois ir nos lugares que chamaram mais atenção. Fiz este passeio mais de quarenta vezes levando dentistas para fazer um curso de implantes em Buenos Aires, em Santiago do Chile com chuva e neve, em Nova Iorque, com muito frio, em Paris florida, em Madrid com muito sol e na Cidade do México com falta de ar.

Todos sabem do sucesso dos trenzinhos que conquistam as crianças, num passeio divertido e animado por figuras conhecidas da Disney, assim como sabemos que o maior contingente de turistas em Guarapari não é de crianças e sim aposentados. Para minha ideia dar certo, não precisa ser com um ônibus de city tour, daqueles de dois andares e sim de uma van, como estas escolares, com cerca de dez lugares, cuja frequência poderá ser maior ou menor, para atender adequadamente a procura.

O ponto de apoio poderia ser a praça do porto das escunas, que está sendo revitalizada e que envolve já uma necessidade de trazer e levar pessoas interessadas em um dos melhores passeios da cidade, o de escuna. O roteiro passaria pelo Centro Antigo, Praia da Areia Preta, das Castanheiras, Namorados, Virtudes, Cemitério, Antiga Matriz, Ruínas, Fonte dos Jesuítas, nova passagem pela praça e ida para a Prainha, toda orla da Praia do Morro, Marlin e Morro da Pescaria.

Os motoristas seriam orientados a um mini descritivo sucinto de cada atrativo, para dar aos turistas uma informação básica, aos que estiverem na van, para decidirem se tem ou não interesse em descer naquele ponto. Nestes pontos de parada, restaurantes, bares e sorveterias poderiam entregar volante oferecendo seus atrativos, desde que no verso da propaganda constasse um descritivo e uma foto do atrativo mais próximo.

Em cada um destes pontos turísticos as pessoas podem descer e permanecer apreciando ou tirando fotos, até a passagem da próxima van. O ticket valeria por um dia de modo que todos poderiam fazer o trajeto da maneira que mais lhe agradasse. Isso também facilitaria e estimularia o passeio de escuna, visto que a maioria dos que o fazem, vem da Praia do Morro, no trajeto de volta da van, justo o de menos pontos turísticos a apreciar.

O formato circular do trajeto, tanto no Centro como na Praia do Morro ajuda e facilita a adoção da ideia e dá praticidade ao projeto. O ponto de apoio na praça das escunas também está de acordo com o local em que muitos irão descer e subir. A duração entre meia a uma hora do trajeto inteiro viabiliza como negócio para os credenciados pela prefeitura para disponibilizar o serviço. O fato de a maior procura ser nas férias e fins de semana, permite que as vans escolares se candidatem ao serviço.

O nome de batismo do serviço pode ser Guará City Tour, que colocaria nossa cidade entre os bons destinos do mundo, que tem tour pela cidade. As pessoas poderiam subir ao passeio em qualquer dos pontos de parada e na própria van pagariam pelo ticket. Para que haja estímulo a muitos usarem a van, inclusive nos deslocamentos para outras praias, o preço deveria ser convidativo, algo como R$10,00 para que o ganho em escala seja o motivador para mais usarem o serviço.

Se você gostou da ideia e acha que ela pode ajudar na melhora do turismo de Guarapari, passe adiante a amigos e parentes, para que mais dela saibam e que chegue nas mãos de quem possa decidir e disciplinar esta modalidade. Aos que quiserem sugerir algum detalhe que tenha me escapado, ponto de parada que omiti ou outra ideia para melhorar esta, estou às ordens.

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

Muda-de-planta-shutterstock_302422220

Guarapari inicia neste domingo (19) uma semana comemorativa pelo Dia da Árvore

Família nômade (4)

Guarapari 130 anos: família nômade se encanta com as belezas da “Cidade Saúde”

Anúncio

Anúncio

guara-de-ouro-gri-2021-09-18-2-1

Artigo: ser cidadão guarapariense; uma honra e um privilégio!

rambutan-1

Rambutan: fruta exótica no Brasil é produzida em Guarapari

De origem asiática, o fruto é encontrado na propriedade do José Antônio Ofrante, em Rio Claro

Anúncio

Crimes virtuais

Artigo: crime virtuais; como se proteger e denunciar

guara-de-ouro-gri-2021-09-18-2

Guará de Ouro: solenidade homenageia lideranças locais e do ES que trabalham por Guarapari

Anúncio