Anúncio

Guarapari espera voltar à categoria “A” do Turismo

Por Carolina Brasil

Publicado em 5 de abril de 2019 às 15:14
Atualizado em 5 de abril de 2019 às 15:41

Anúncio

O Governo Federal já deu início a atualização do Mapa do Turismo Brasileiro e, como consequência, nova categorização dos municípios.

Guarapari é um dos 62 municípios capixabas presentes no Mapa. Foto: Reprodução

O Ministério do Turismo (MTur) já abriu o sistema para atualização dos municípios e regiões turísticas que entrarão na versão 2019 do Mapa do Turismo Brasileiro, previsto para ser divulgado em agosto. “O mapa baseia a criação de políticas públicas e a destinação prioritária de recursos do Ministério do Turismo, com foco no desenvolvimento regional do setor. A nova atualização vai possibilitar a adequação desse instrumento de gestão de políticas públicas à realidade regional”, avaliou o secretário nacional de Estruturação do Turismo do MTur, Robson Napier.

Essa atualização ocorre a cada dois anos. Em 2017, eram 3285 municípios e 328 regiões turísticas no documento. No Espírito Santo, dez regiões e 62 cidades, incluindo Guarapari – que faz parte da Região Turística Metropolitana –, estão presentes no Mapa. Em nota, a prefeitura informou que já enviou quase toda documentação para Secretaria de Estado de Turismo (Setur), pendente apenas a Declaração assinada pelo atual Coordenador da Instância de Governança da Região Metropolitana, Sr. Felipe Ramaldes, que atua no Departamento de Turismo do Município de Vitória. O prazo é até 31 de maio.

Ainda de acordo com a Prefeitura, outras exigências estão em dia, como Conselho Municipal ativo, realizando reuniões regulares mensais, e verba destinada ao Turismo. Para 2019, o orçamento da pasta é de pouco mais de R$ 3 milhões.

No Mapa do Turismo, Guarapari faz parte da Região Turística Metropolitana do Estado. Foto: Reprodução

Além da presença, a categorização de cada cidade que compõe Mapa também influencia nos recursos aplicados pelo MTur. Antes categoria “A”, Guarapari foi rebaixado a “B”, deixando que receber R$ 300 mil/ano. Sobre isso, o município declarou que acredita que, com o trabalho executado pela municipalidade, em especial o incentivo para que os empreendimentos turísticos se cadastrarem no Cadastur, Guarapari terá de volta a nota máxima.

Os dados informados no Cadastur, sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo, servem de base para a definição da categoria. Nele é possível ao turista consultar os prestadores de serviço do município de acordo com a área de atuação – de meios de hospedagem a restaurante, passando por organizadores de ventos, parques temáticos, guia de turismo e locadoras de veículo, por exemplo. Calcula-se que Guarapari, com 71 prestadores cadastrados (conforme pesquisa em 04/04/2019), esteja a quem do cenário real. Para efeito de comparação, o Cadastur registra 18 meios de hospedagem e estima-se que a cidade tenha ao menos três vezes mais.

Ao todo, 15 atividades do setor turístico e respectivos prestadores estão no Cadastur. Foto: Fred Loureiro/Secom (Arquivo)

Empresário do setor, Fernando Otávio Campos, defende que o prestador se empenhe, uma vez que o cadastro é on-line e gratuito. “É fundamental fazer uso da ferramenta, até porque o Cadastur é obrigatório em alguns segmentos, como meios de hospedagem e guia turístico. Talvez alguns esbarravam na dificuldade de legalização, mas agora com a facilidade para obtenção do Alvará no município, não há razão para não fazer”, destacou.

Campos ainda lembrou que mesmo para aqueles segmentos onde o Cadastur não é obrigatório, valoriza a cidade e o próprio prestador. “Quando se tem muitas empresas cadastradas isso sinaliza que a cidade possui uma boa estrutura, de qualidade e que dá confiança ao turista. Além de abrir possibilidades de crédito ao empresário”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

Anúncio

Anúncio

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

procurados-2021-06-23

Polícia Militar divulga 5 criminosos de Guarapari procurados pela Justiça

Caso tenha informações, população pode ajudar a polícia através do Disque-Denúncia (181)

Anúncio

Eco 101 - duplicação

Duplicação: desvio de tráfego em Anchieta para construção do viaduto de acesso a Alfredo Chaves

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Guarapari realiza novo agendamento para pessoas acima de 40 anos

Anúncio