Anúncio

Guarapari lança edital para compor Conselho Municipal de Direitos das Mulheres

Assembleia para definição da composição acontecerá no dia 22 de fevereiro

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 28 de janeiro de 2021 às 10:20
Atualizado em 28 de janeiro de 2021 às 18:47

Anúncio

Imagem: divulgação

A Prefeitura de Guarapari divulgou essa semana um edital de convocação para a composição do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM). O edital foi realizado por meio da Secretaria de Trabalho, Assistência e Cidadania (Setac), considerando a da Lei Municipal nº. 4.493/2020, que dispõe sobre a reorganização do conselho.

A convocação é voltada para representantes das  Associações e/ou Movimentos Comunitários das Áreas Rural e Urbana, Esportes Amadores, Grupos Autônomos Partidários e/ou não Partidários, Instituições Religiosas e Grupos de trabalhadoras do setor informal, que serão eleitas em assembleia convocada pela Setac. A assembleia está prevista no art. 4º, da Lei 4.493/2020 e acontecerá no dia 22 de fevereiro.

“A reestruturação do Conselho Municipal de Direitos da Mulher representa um passo importante na elaboração de políticas públicas voltadas para as mulheres, especialmente neste momento em que, infelizmente, se presencia um aumento dos números de violência contra a mulher”, afirma a Secretária Breila Mardegan da Silva.

O conselho é paritário, composto por 18 membros, sendo oito representantes do Governo Municipal,  uma representante do Poder Legislativo Municipal e nove representantes da Sociedade Civil sendo: uma da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB – Seção do Espírito Santo, 4ª Subseção Guarapari); duas das Associações e/ou Movimentos Comunitários da Zona Urbana e/ou Zona Rural; uma representante de Entidade de Esportes Amadores; uma de Grupos Autônomos de Mulheres partidários e/ou não partidários; doas representante de Instituições Religiosas; duas representantes de grupos de trabalhadoras do setor informal do município como: artesãs, costureiras, recicladoras pescadoras ou similares.

Breila, ressaltou a importância da participação dos representantes da sociedade civil nos conselhos municipais. “Essa participação possibilita um conselho ativo e atuante, por isso, é tão importante que as pessoas participem dessa eleição”, finalizou a secretária.

*Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Guarapari.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

mapa-de-risco-05032021

47º Mapa de Risco Covid-19: Piúma deixa risco alto e Guarapari segue em risco moderado

Nas redes sociais, Renato Casagrande alertou a população para a necessidade de cumprir os protocolos sanitários e de distanciamento

cv__2918_claudio_vieira

Projeto social de Guarapari promove festival de pipas no bairro Kubitschek

O projeto, criado por quatro amigos, existe há um ano e meio

Anúncio

Anúncio

fiscalizacao_procon_consumidor

Representante de Consórcio em Guarapari é notificado por fraude

Segundo denúncias, consumidores são enganados e levados a assinar contrato de consórcio

PC e PM

Ação conjunta prende suspeitos de homicídio em Guarapari

Anúncio

Cirurgia Pietra2

Em Guarapari, pais agradecem ajuda para cirurgia da filha com tumor no olho

A cirurgia foi bem sucedida e Pietra já está em casa

Debate-dos-Vereadores-sobre-Projeto-de-Incentivos-Fiscais_

Projeto de lei de incentivos fiscais busca retomar crescimento da economia em Anchieta

Apresentado por Renato Lorencini e outros vereadores, projeto visa conceder incentivos fiscais a empresas que instalarem ou ampliarem plantas industriais, comerciais ou de serviço no município

Anúncio