Anúncio

HFA investe na humanização do parto

Por Glenda Machado

Publicado em 24 de setembro de 2015 às 23:15
Atualizado em 24 de setembro de 2015 às 23:15

Anúncio

O Brasil é campeão mundial em cesarianas: 52% dos partos são com intervenção cirúrgica, bem acima da média mundial – hoje em 18% – e da recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) – que é de apenas 15%. Mais da metade dos brasileiros nascem por cesáreas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Esse dado é ainda maior na rede particular, chegando a 88%. No entanto, há um movimento crescente no país para resgatar o que deveria ser natural: o parto normal.

IMG_4843

Bolas do nascimento e cadeiras cavalinho: métodos não farmacológicos para aliviar a dor no trabalho de parto.

A Maternidade e Hospital Francisco de Assis (HFA) faz parte dessa luta e investe cada vez mais na implantação do parto humanizado em Guarapari. Além de capacitar os profissionais com o novo modelo de atenção preconizado pela Rede Cegonha do Ministério da Saúde (Portaria 1.459/2011), também adquiriu equipamentos que visam humanizar o trabalho de parto com métodos não farmacológicos de alívio da dor como as bolas do nascimento e as cadeiras cavalinho. As novas aquisições vêm somar aos Centros de Parto Normal (CPN) do HFA.

E foi para debater esse assunto que o hospital recebeu a visita do ginecologista e obstetra que é Referência Técnica da Saúde da Mulher da Secretaria de Saúde do Espírito Santo (Sesa), Dr. Ary Célio de Oliveira – no cargo desde 1988. No dia 15 de setembro, diversos profissionais da área tiveram a oportunidade de aprender um pouco mais sobre “As Boas Práticas de Atenção ao Parto e Nascimento”.

IMG_4426

Dr. Ary – Referência Técnica da Saúde da Mulher da Sesa desde 1988.

IMG_4810

Reuniões semanais das gestantes para conhecer a maternidade e tirar dúvidas.

“O Espírito Santo é o quarto estado que mais faz cesárea no país. A Pesquisa Nascer no Brasil mostra que 55% das mulheres já chegam à maternidade com o conceito de que a cesárea é o melhor parto. Mais da metade dos partos acontecem em horário comercial. Não se espera mais a gestante entrar em trabalho de parto. E é justamente o contrário: os riscos de hemorragia e infecções aumentam com a cesárea”, destaca Dr. Ary.

Mais de 100 bebês nascem por mês no HFA. Deste total, 65% são por parto normal. O objetivo é aumentar ainda mais esses índices com ações qualificadas no pré-natal, no parto, no resguardo e no desenvolvimento da criança nos seus primeiros anos de vida de acordo com a Rede Cegonha. Para isso, o hospital conta com reuniões semanais para gestantes, estrutura completa de humanização do parto, alojamento conjunto onde mamãe e bebê dividem o mesmo quarto logo após o nascimento.

IMG_4438“Nossa missão é grande e vamos assumir mais um compromisso: o de melhorar a nossa qualidade pelo viés da humanização que vai além da mudança na estrutura ou no sistema, mas sim uma mudança na nossa consciência e acreditar no nosso trabalho. O reconhecimento vem pela diferenciação dos nossos serviços que visam não apenas resultados, mas também a sensibilidade social. Tratamos aqui de saúde pública com eficiência, responsabilidade e dignidade”, disse o superintendente do HFA, Jailton Pedroso.  IMG_4465

O HFA continua inovando e melhorando os serviços na área da saúde oferecidos no município e para a região. Pela primeira vez, a cidade conta com Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (Utin) e Pediátrica (Utip). Além do pronto-atendimento infantil com plantão 24h com obstetras, pediatras, anestesistas, neonatologistas e radiologistas. Mais uma garantia de um atendimento seguro, profissional e de qualidade ao seu alcance.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp-Image-2021-06-18-at-13.15.02

Artigo: uma Guarapari diferente por usar melhor os seus templos ociosos

o-que-e-um-curso-profissionalizante-descubra-aqui

Qualificar ES abre 101 vagas em cursos presenciais, com oportunidades para Anchieta

Anúncio

Anúncio

IMAGEM-DE-DESCRIÇAO-DO-ARTIGO

Artigo: empréstimo consignado não autorizado; como cessar descontos e pedir indenização

bicicleta-ciclismo-pixabay-2021-06-19

Espírito Santo tem média de cinco bicicletas furtadas por dia

A Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que o índice caiu em comparação ao ano passado

Anúncio

Tempo segue nublado no fim do outono em Guarapari e região

Temperaturas, entretanto, podem ficar um pouco mais altas

cover-painel-covid-19-2021-06-19

Painel Covid-19: Guarapari ultrapassa 15 mil casos, mas média de óbitos diminui

Média móvel de óbitos, que atingiu máximo de 74,9 em abril, está em 19,07

Anúncio