Anúncio

Idosos devem ter cuidados redobrados no inverno

Por Glenda Machado

Publicado em 20 de agosto de 2017 às 11:09
Atualizado em 20 de agosto de 2017 às 15:52

Anúncio

Sabemos que cuidar da saúde é importante em todos os momentos da nossa vida. Porém, quando envelhecemos algumas cautelas precisam ser redobradas, pois a passagem dos anos acarreta em algumas mudanças no organismo que acabam deixando a nossa saúde mais debilitada. E quando a temperatura cai? É o momento em que os idosos correm maior risco de problemas de saúde e lesões relacionadas ao clima.

Entre os principais riscos à saúde representados pelas baixas temperaturas estão: hipotermia — queda da temperatura corporal, imobilidade — ausência de movimentação, infecções — como gripe e pneumonias e dores crônicas — aumento das dores crônicas como artrites e artroses.

De acordo com a Doutora Regina Viana Mesquita, médica formada pela Emescam há mais de 30 anos, com especialização em Geriatria no Rio de Janeiro e mestrado pela Universidade Autônoma de Madri, a atenção nessa época do ano deve ser redobrada.

“É costume dos idosos beber pouca água. Quando está frio eles reduzem esse consumo ainda mais. Além da desidratação, a falta de água no corpo também proporciona a prisão de ventre, a pressão fica mais baixa e a pela fica mais seca. Ou seja a hidratação é muito importante”, explicou a médica.

Além da vacina antigripal, a boa alimentação também deve estar presente no inverno. Os idosos costumam comer muitos carboidratos como pães e massas, o que pode desiquilibrar a ingestão de nutrientes e levar à baixa imunidade. A opção por proteínas mais saudáveis como peixes, frutas e verduras e muito líquido para hidratar, deve ser uma regra. Caldos e sopas nutritivos que alimentam e aquecem o idoso nos dias frios, também são importantes.

“A tendência do inverno é o aumento das viroses e doenças respiratórias. Que com a baixa imunidade pode levar a uma gripe ou pneumonia. É importantíssimo que os idosos se alimentem bem, com muitas frutas cítricas e vitamina C”, completou Dra. Regina.

De acordo com a médica não existe uma idade limite para buscar ajuda de um geriatra. A recomendação é buscar por auxilio já a partir dos 60 anos. Mas, nada impede que você recorra ao especialista um pouco mais breve do que nessa faixa etária. Isso porque o médico te auxilia a envelhecer de forma saudável, com menos limitações, dependências e sofrimento.

“Nós avaliamos vários aspectos, entre eles: clínico, cognitivo, afetivo, ambiental, social, econômico, espiritual e funcional. O objetivo é identificar problemas já existentes e estabelecer o melhor tratamento para o paciente, bem como uma estratégia para prevenção de complicações futuras”, enfatizou a geriatra.

É importante deixar claro que, na presença de alguns sintomas deve-se buscar ajuda do geriatra. Entre as principais anormalidades que devem ser avaliadas pelo médico estão: perda ou alteração de memória, mudanças de comportamento, dificuldade para realizar atividades que antes eram realizadas com facilidade, quedas frequentes, bem como perda de peso. A doutora Regina explica que todas essas questões devem ser avaliadas com muito cuidado.

Serviço

Dra. Regina Viana Mesquita / CRM 2378 RQE 5764

Instituto do Rim: Clínica de Especialidades Médicas

Telefone: 3361-6805

Av. Mar Norte, 202 – Praia do Morro, Guarapari – ES, 29216-580

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

compras_natal_1-770x470

Natal Premiado com R$ 15 mil de premiação em Anchieta

IPVA-2016-Romero

Governo do ES divulga datas para pagamento do IPVA 2022

Anúncio

Anúncio

artigo-antonio-ribeiro-2021-11-26-viatura-policia-militar-pm

Artigo: Polícia Militar fazendo blitz em diversos pontos da cidade saúde

interior view of a steel factory,steel industry in city of China.

Sine de Anchieta tem 132 oportunidades de emprego em aberto para Guarapari e região

Anúncio

Sinal-Vermelho-Arte-AMB-Fonte-cnj.jus_.br_

Artigo: Sinal Vermelho – respeitar a mulher é respeitar a sociedade

vendedor-ambulante-550x367

Guarapari inicia cadastramento de ambulantes nesta segunda (29)

Anúncio