Anúncio

Irlanda fazendo história e dando exemplo

Por Gabriely Santana

Publicado em 3 de junho de 2015 às 19:28
Atualizado em 3 de junho de 2015 às 19:28
Anúncio

por Tayla Oliveira

Já imaginou um país que tem mais de 70% da população católica aprovar através de voto popular o casamento entre pessoas do mesmo sexo? Pois bem, isso aconteceu na Irlanda no último dia 22 de maio. O país foi o primeiro do mundo a decidir a questão através de referendo. Mais de 60% disseram sim ao casamento igualitário, acreditando que família não é formada por um homem, uma mulher e uma criança, mas qualquer núcleo capaz de gerar amor.

O resultado foi mais uma vitória do movimento homossexual na Irlanda. Outros momentos marcantes foram em 1993, quando a homossexualidade foi descriminalizada; em 2010, com a introdução da união civil gay; em 2011 com a primeira união civil entre homossexuais e por último o casamento, considerado um marco na história de Dublin, que foi considerada um dos países mais conservadores da Europa, sendo moldado pela inquestionável autoridade moral da Igreja Católica por décadas.

Quando o resultado foi anunciado pelo governo irlandês, um dia após o referendo (lembrando que aqui a votação é feita através de papeis e urnas, pois também por meio de votação os irlandeses negarem a utilização de tecnologia temendo a manipulação dos votos), a rua ficou em festa, algumas delas, inclusive, foram fechadas para que as pessoas pudessem comemorar em segurança.

Jovens lutaram em busca do sim

Alunos fizeram uma campanha chamada #RingTourGranny for Marriage Equalty (“Ligue para sua avó pelo casamento igualitário). O objetivo foi que jovens ligassem para seus avós para conversar e convencê-los a votar a favor. A justificativa era: “A melhor maneira de mudar a opinião de alguém sobre seu voto é sentar e bater um papo”. Afinal, a melhor saída para combater o preconceito é levar informação. Foi produzido um vídeo com registro de ligações com resultado positivo e negativo.

Exemplo a ser seguido

Foram distribuídos panfletos dizendo que ser gay dá câncer e que o casamento igualitário “expõe” crianças aos “sons da sodomia”. Diante disso, uma empresa de papel artesanal de Dublin resolveu transformar esse limão em limonada: transformando a propaganda em confete… para cerimônias de casamento igualitário. Os lucros da venda serão doados para a Yes Equality, uma ONG que faz campanha em prol do casamento igualitário.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Arquivo Folhaonline.es

Agências da Caixa abrirão nesse sábado (30) em Guarapari para pagamento do auxílio

Beneficiários nascidos em janeiro poderão sacar 2ª parcela do auxílio em espécie; As agências da Caixa localizadas nos bairros Centro e Muquiçaba funcionarão

sala de aula

Prefeitura mantém aulas suspensas e decreta reabertura das academias em Guarapari

Anúncio
Anúncio
Santuário interno 6

Festa Nacional de São José de Anchieta 2020 será transmitida ao vivo em redes sociais

Nesse domingo (31), a relíquia de São José de Anchieta sairá pelas ruas do município que leva seu nome e conserva seu Santuário

Foto: Divulgação

Parceria entre Sesi e Sebrae ajudará pequenas empresas do ES no combate à Covid-19

Com o cenário de pandemia, o Sesi construiu uma consultoria para auxiliar as micro e pequenas empresas na criação de um Plano de Enfrentamento à Covid-19

Anúncio
fachada São Pedro-550x413

Hospital particular de Guarapari emite nota após informação de médica atuando com Covid-19

Foto: Reprodução

Decreto define novas medidas para o funcionamento de comércios em Alfredo Chaves

As decisões tomadas no Decreto nº 1444-N foram definidas após uma reunião entre a Prefeitura Municipal, a Câmara de Dirigentes lojistas e a Associação Comercial e Industrial de Alfredo Chaves