Anúncio

Jovens trabalham em prol de um mundo melhor

Por Livia Rangel

Publicado em 19 de fevereiro de 2016 às 11:45
Atualizado em 19 de fevereiro de 2016 às 11:45

Anúncio

aiesecJá pensou em mudar a realidade de um país? Essa frase pode ser bem forte e soar como algo impossível, mas para quem deseja crescer como pessoa, profissional e ainda contribuir socialmente com uma cidade ou bairro, essa ideia pode dar certo.

E são essas pessoas que pensam grande que escolheram a Grande Vitória. No total, mais de 70 jovens com idade entre 18 a 30 anos, de vários países do mundo, principalmente da América Latina vem trabalhar em Ong’s e empresas trazendo um pouco da cultura do país de origem e aprendendo com o que o Brasil tem a oferecer.

O nome desse recebimento é chamado de intercâmbio voluntário ou profissional. O voluntário pode ser realizado tanto em empresas como em Organizações não governamentais e impactam diversos projetos em bairros considerados em situação de risco lidando diretamente com crianças, por exemplo, ou melhorando o trabalho de marketing, tornando o projeto mais sólido e preparado para beneficiar um número de maior de pessoas.

Programas como esse são realizados pela Aisec, uma plataforma global de desenvolvimento de liderança jovem, que tem como principal objetivo desenvolver lideranças no jovem, pois se acredita que a figura de líder que se tem atualmente não supre as necessidades do mundo.

Além dos programas de recebimento possibilitando o impacto social, há também outros destinados a enviar jovens brasileiros a outros países. A diferença da Aisec para as agências de intercâmbio? O compromisso com o resultado e com a formação do jovem. Entre as habilidades desenvolvidas nesse jovem estão solução orientada, autoconhecimento, empoderamento e consciência global.

A plataforma tem não somente o intercâmbio como forma de impactar o mundo, mas o programa Famílias Globais, em que famílias têm a oportunidade de receber um intercambista durante o tempo que ele permanece no país. Essa é a chance de compartilhar conhecimento, aprender culturas e uma nova língua sem sair de casa. Eu tive a oportunidade tanto de morar na casa de uma família que recebe intercambistas, na Irlanda, como receber uma chilena em minha casa. A experiência é única e incomparável.

Além da Aiesec, outros projetos visam o intercambio com responsabilidade social, como o Rotary Club e AFS, também voltado para adolescentes.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

acidente br101 1

Grave acidente deixa uma pessoa morta e três feridas em Guarapari

Segundo o Centro de Controle Operacional (CCO) da Eco101, concessionária que administra a via, o acidente aconteceu por volta das 07h15

o-que-e-um-curso-profissionalizante-descubra-aqui

Qualificar ES: últimos dias para inscrições de curso em Guarapari

Anúncio

Anúncio

Rua Safira, Setiba1

Rua pavimentada há seis meses alaga sempre que chove; moradores pedem solução em Guarapari

destaques pm

10º Batalhão homenageia destaques operacionais e transferidos para reserva em Guarapari

Anúncio

vacinacao-gripe-vilhena-2021-05-11

Covid-19: Guarapari abre novo agendamento para pessoas acima de 50 anos

edson-1024x683

Guarapari: TCE-ES recomenda rejeição das contas de Edson Magalhães do ano de 2018

Anúncio