Anúncio

Justiça Federal suspende cobrança de taxa de Marinha no ES

Por Hamilton Garcia

Publicado em 2 de julho de 2016 às 14:36
Atualizado em 22 de novembro de 2016 às 21:07

Anúncio

Canal Gri revitalizacaoO Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES) obteve na Justiça Federal uma decisão que suspende todas as cobranças decorrentes de taxa de ocupação, foro e laudêmio de todos os imóveis abrangidos pela demarcação dos terrenos de marinha no Espírito Santo.

A decisão proferida na última quarta-feira (29) pelo juiz substituto da 4ª Vara Federal Cível de Vitória, Aylton Bonomo Junior, também anulou todas as demarcações de terrenos de marinha e averbações eventualmente realizadas pela União junto ao Cartório de Registro de Imóvel. Além disso, foram declarados nulos os Registros Imobiliários Patrimoniais (RIPs) cadastrados junto à Secretaria de Patrimônio da União (SPU) dos imóveis que tiveram a demarcação invalidade na decisão.

O juiz determinou prazo de 180 dias para que a União elabore levantamento junto aos órgãos competentes municipais, estaduais e federais de todas as informações necessárias para o cumprimento da decisão. Passado o prazo, a União deverá apresentar o levantamento à Justiça.

Fonte: Ministério Público Federal no Espírito Santo e Justiça Federal.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina-astrazeneca-868x644

Nesta segunda (20) tem agendamento para segunda dose de AstraZeneca em Guarapari

praça virtudes1

Após mais de um ano de reforma, Praça das Virtudes é inaugurada em Guarapari

As obras iniciaram em julho de 2020 com a promessa de entrega até o final do ano corrente

Anúncio

Anúncio

Muda-de-planta-shutterstock_302422220

Guarapari inicia neste domingo (19) uma semana comemorativa pelo Dia da Árvore

Família nômade (4)

Guarapari 130 anos: família nômade se encanta com as belezas da “Cidade Saúde”

Anúncio

guara-de-ouro-gri-2021-09-18-2-1

Artigo: ser cidadão guarapariense; uma honra e um privilégio!

rambutan-1

Rambutan: fruta exótica no Brasil é produzida em Guarapari

De origem asiática, o fruto é encontrado na propriedade do José Antônio Ofrante, em Rio Claro

Anúncio