Anúncio

Lei determina igrejas como atividade essencial em Guarapari

A medida é válida enquanto durar a calamidade pública e os templos religiosos não necessitam do fechamento total neste período

Por Aline Couto

Publicado em 6 de agosto de 2020 às 08:50
Atualizado em 7 de agosto de 2020 às 09:56

Anúncio

Foto: Reprodução.

O Projeto de Lei (PL) 062/2020 de autoria do vereador Thiago Paterlini (Podemos) foi sancionado, e ontem (05) a Lei foi publicada no Diário Oficial dos Municípios pelo Prefeito de Guarapari, Edson Magalhães. A PL solicitava que as celebrações em igrejas e templos religiosos fosse classificada como atividade essencial em Guarapari, no período de calamidade pública na área da saúde.

Segundo Paterlini, a ideia é poder ofertar apoio emocional e social para a população diante do momento atual. “Estamos passando por uma situação de pânico devido a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) e as igrejas tem um papel fundamental de amparo oferecendo conforto espiritual”.

Passando para a classificação de atividade essencial, os templos religiosos poderão novamente abrir as portas para realizar as celebrações sem horário estipulado para fechar. Porém, normas deverão ser seguidas para o funcionamento:

Cada templo ou igreja deverá determinar a lotação máxima de fieis devendo manter a distância entre eles.

Caso seja proibida a circulação total de pessoas, com endurecimento das regras de isolamento social, as atividades deverão ser mantidas.

Os locais precisam ter álcool em gel, lavatórios com água corrente, sabonetes líquido, toalhas de papel e lixeiras contendo sacos descartáveis.

As igrejas deverão exigir e fiscalizar o uso de máscaras faciais por todos os fiéis e promover a desinfecção frequente logo após a celebração religiosa.

O vereador ainda ressaltou que a igreja na nova classificação poderá voltar a atender o fiel que trabalha até o fim do dia. “O trabalhador que sai as 17/18 do trabalho não conseguia frequentar a igreja. Agora ele tem essa possibilidade”.

Em tempo

No dia 20 de julho, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande publicou no Diário Oficial do Estado uma lei decretando que igrejas e templos religiosos passassem a fazer parte dos serviços considerados essenciais.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Como-Montar-Uma-Clinica-Medica

Câmara de Guarapari aprova contratação de médicos e pagamento de auxílio aos profissionais de Saúde

Ambos projetos foram aprovados em unanimidade pelos vereadores presentes e seguem para sanção do Prefeito

policia_civil-delegacia-GRI

Polícia Civil prende em Guarapari suspeitos de roubo a postos de gasolina

O crime teria ocorrido no dia 7 de dezembro de 2021

Anúncio

Anúncio

kettle-bell-592905_640

TJES concede liminar para suspensão de Lei que considera atividades físicas como essenciais em Guarapari

Liminar visa suspender Lei Municipal nº4435/2021, que estabelece atividades ligadas à educação física como essenciais

50º-MAPA-DE-RISCO---12.04-a-18.04

Mapa de Risco: 42 cidades em Risco Extremo, incluindo Guarapari e Anchieta

Apenas dois municípios (Conceição da Barra e Ibitirama) estão classificados como de risco moderado

Anúncio

vacina 65 69 2

Agendamento para vacinar idosos de 60 a 64 anos contra Covid-19 abre segunda-feira (12) em Guarapari

pontocentro-divulgacao

Obras de novo shopping alteram temporariamente ponto de ônibus da Av. Davino Matos

A desativação do ponto se dará pelo período de 30 dias

Anúncio