Anúncio

Lideranças avançam negociações sobre retorno da Samarco

Por Glenda Machado

Publicado em 18 de julho de 2017 às 14:14
Atualizado em 18 de julho de 2017 às 14:15

Anúncio

A retomada das atividades da Samarco foi a pauta do encontro entre o vice-governador César Colnago e o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, que aconteceu neste domingo (16). O encontro contou com a presença do secretário de estado de Desenvolvimento (Sedes), José Eduardo Azevedo; do prefeito de Anchieta, Fabrício Petri; do prefeito de Mariana (MG), Duarte Júnior; do presidente eleito da Federação da Indústria do ES (Findes), Leonardo de Castro, diretores da Samarco e outros empresários.

O prefeito de Anchieta representou o município nas negociações. Foto: Prefeitura de Anchieta

A discussão para o reinício das operações, a partir de 2018, está dentro das expectativas dos prefeitos das cidades que estão passando por dificuldades financeiras após a paralisação das atividades da Mineradora, em 2015. Anchieta (ES) e Mariana (MG) sofreram grande queda de receita e convivem com um grave quadro de desemprego na população.

O licenciamento ambiental necessário para a volta da Samarco já se encontra em andamento. A partir da reunião deste domingo o Governo de Minas se comprometeu em continuar buscando um entendimento com a prefeitura de Santa Bárbara para que os ajustes finais avancem. O objetivo é garantir a liberação da licença para que a empresa possa tomar as medidas a tempo de voltar a operar já em 2018.

Para Petri, foi um momento muito importante entre as lideranças dos dois estados para debater a importância financeira e social da Samarco opara o Espírito Santo e Minas Gerais. “Anchieta, particularmente, vem sofrendo muito com a paralisação da empresa. O impacto aqui em nossa cidade foi social e financeiro. Muitas pessoas desempregadas. Temos um percentual de 25% da população sem emprego. E isso gera também a falta de movimentação em nossos comércios. Além disso, a prefeitura deixará de arrecadar algo em torno de 70%. Em 2019, a nossa arrecadação cairá pela metade, em ralação a este ano”, disse.

Hoje a Samarco representa 6% do PIB capixaba e 1,5% do PIB mineiro.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp Image 2021-06-15 at 17.25.04

Em meio a pandemia, moradores registram aglomerações e até cavalgadas em Guarapari

Praça Bradesco2

Prefeitura de Guarapari justifica demora na entrega da Praça do Bradesco

O órgão alega aumento nos custos dos materiais e falta de matérias primas para o atraso. Porém, informou que pretende finalizar a reforma ainda este ano

Anúncio

Anúncio

vacina 45

Covid-19: população reclama que demora na chegada da vacina atrasou a imunização em Guarapari

Segundo relatos, a aplicação estava marcada para começar as 8h, mas só iniciou 30 minutos depois

repreentantes-comercio_contra_covid-2021-06-15

Representantes do comércio no ES se unem pela prevenção à Covid-19

Anúncio

Edital-folhaonline

Edital de citação

coworking_final_1

Com mercado em adaptação, coworking oferta espaço personalizado e flexível em Guarapari

Espaços de trabalhos compartilhados se tornaram tendência para profissionais autônomos e equipes

Anúncio