Anúncio

Manifestação de moradores de Meaípe na Câmara de Guarapari reivindicou a votação dos projetos de urbanização da orla do bairro

Por Aline Couto

Publicado em 30 de maio de 2019 às 18:22
Atualizado em 30 de maio de 2019 às 18:22
Anúncio

Segundo a presidente da Associação de Moradores de Meaípe, se a votação não ocorrer até a próxima semana, o município perde a verba do Governo Federal

Foto: Aline Couto.

Na tarde de hoje (30) a Câmara de Vereadores de Guarapari recebeu moradores do bairro de Meaípe com faixas e cartazes reivindicando que os projetos que contemplam a revitalização da orla e o calçamento das ruas do bairro sejam votados com urgência pela Casa de Leis.

Segundo Marlene Amando, presidente da Associação de Moradores de Meaípe, a emenda parlamentar para fazer a urbanização da orla já está vencendo e o dinheiro recebido para a obra pode se perder. “Estamos dependendo da votação da câmara, mas o projeto ainda não foi colocado em pauta. Nós temos uma necessidade urgente dessa votação. O dinheiro já está na Caixa Econômica Federal para a liberação, o que depende da votação e aprovação dos projetos. Esse dinheiro tem uma finalidade única e se não for utilizado para isso, não poderá ser utilizado para mais nada e vamos perdê-lo. Nosso prazo está terminando”, relatou.

Vereador Grijó (Primeiro a esquerda na mesa diretora). Foto: Aline Couto.

De acordo com o vereador Marcos Grijó (PDT), os dois projetos, de revitalização da orla de meaípe no valor de R$ 1.255 milhão e o calçamento das ruas por R$ 975 mil, só foram protocolados na Casa de Leis na última segunda-feira (27) e como os documentos tinham necessidade de análise e confirmação com a Caixa Econômica Federal, não houve tempo hábil de entrar em pauta na sessão desta quinta-feira. “Nós só recebemos esses projetos essa semana, mas eles são de 2017. O prefeito que perdeu o prazo nesse ano e não os colocou no orçamento de 2018. Por isso eles ficaram a revelia, ou seja, todos os processos necessários não foram transitados, como as certidões e as etapas com a Caixa Econômica, mesmo com o dinheiro para o projeto de revitalização já liberado”.

Grijó acrescentou que na próxima semana, dia 04 de junho, os projetos serão colocados em votação na sessão ordinária do dia e, se não for possível, haverá a convocação de uma extraordinária para a aprovação dos projetos. “Após a aprovação, o prefeito já pode usar os R$ 1.275 milhão para a revitalização se houver um processo licitatório pronto. Basta pedir a ordem de serviço que a Caixa começa a repassar os valores e ele tem até 2022 para concluir”.

O parlamentar também contou que a grande dificuldade do executivo será conseguir realizar o calçamento das ruas de Meaípe. “A administração só tem até o final de junho para realizar todo o processo de tramitação, para que a obra seja licitada e o dinheiro entre em caixa. Os R$ 975 mil ainda não foram liberados”.

Foto: Aline Couto.

A prefeitura foi procurada e se posicionou em nota.

“A Prefeitura de Guarapari esclarece que os processos para abertura de crédito especial, como esses de Meaípe, possuem prazo e se não for seguido este tempo, o município pode sim perder o recurso federal. 

É importante ressaltar que o município possui mais de 25 processos parados na Câmara Municipal, a maioria deles para abertura de crédito especial, com verba federal. São processos de diversas áreas, como obras, equipamentos, saúde e educação”. 

Anúncio
Anúncio

Veja também

ecd6d3b421843b0d47335554aad50a7a-1

Chances de quedas entre idosos aumentam durante pandemia

Protegidas da Covid-19 dentro de casa, pessoas idosas são expostas aos riscos de quedas; Conheça os cuidados que devem ser tomados para prevenir os acidentes

Anchieta_Findes_

Anchieta fecha parceria com Findes e facilita acesso ao crédito à empresas

Anúncio
Anúncio
44429ada-1f15-4d5d-a818-edb129a82edf

Símbolos ícones de Guarapari estão sumindo das ruas e praças da cidade

Foto: Reprodução

Outro óbito pelo coronavírus é confirmado em Guarapari

Mais 21 casos da doença foram registrados de ontem (03) para hoje (04)

Anúncio
Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Artigo: Beneficiários do INSS podem ter acréscimo de 25% na aposentadoria

corona

Novo Mapa de Risco apresenta 41 cidades em risco alto; Guarapari permanece nesse nível

O novo mapa entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (06)

Anúncio