Anúncio

Medida cautelar suspende contratação de empresa para engordamento de Meaípe, em Guarapari

Moradores seguem confiantes e esperam que o processo seja retomado em breve

Por Gislan Vitalino

Publicado em 25 de março de 2021 às 10:20
Atualizado em 26 de março de 2021 às 08:28

Anúncio

Foto: arquivo/ FolhaOnline.es

A suspensão do RDC Eletrônico para a contratação da empresa ou consórcio que seria responsável pela elaboração e execução das obras restauração e da contenção da erosão na região de Meaípe foi anunciada nessa segunda-feira (22), no Diário Oficial do Estado do Espírito Santo, pelo Departamento de Estradas e Rodagem do Espírito Santo (DER-ES).

Segundo o comunicado, a suspensão foi devido a uma representação no Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCEES), com pedido de medida cautelar para retificação do edital de contratação. O DER-ES informou que prestará os esclarecimentos necessários ao Tribunal de Contas e, em seguida, divulgará a nova data para a sessão pública que vai definir a empresa prestadora do serviço.

O Processo

O pedido de concessão de medida cautelar, representado no TCEES por uma empresa do ramo da engenharia, alega que o edital contém exigências restritivas desnecessárias e ilegais. O documento pede a retificação do edital para a retirada da especificação do tipo de draga que deverá ser utilizada na execução do projeto.

Segundo a representação, os termos no edital afetam a ampla competitividade e reduzem de forma irregular as empresas que podem participar do processo.

A população

Os moradores da região seguem confiantes com a realização das obras. O presidente da Associação de Moradores, Vinícius Brina, explicou que inicialmente, os moradores tiveram receio que o problema fosse mais complexo. “A gente acredita que em obras de grande porte como essa, é comum que isso aconteça e pode ser positivo, porque amplia a possibilidade de empresas que podem participar do RDC”, explicou Vinícius.

Ele também frisou sobre a importância da execução da obra não apenas para Meaípe, mas para toda a região do sul do estado. “Nós esperamos que se resolva logo e que a obra aconteça o quanto antes, porque vai ser importante não só para Meaípe, mas para Guarapari e os municípios da região. Estamos falando de uma via que leva à Samarco e liga Guarapari à região do litoral sul do estado”, afirmou.

As obras

A execução das obras para recuperação e engordamento da região de Meaípe foram anunciadas pelo Governo do Estado no final do mês de fevereiro. Os serviços acontecerão em um trecho de 3,3km e incluem a contenção e restauração da região, a construção de um píer e tem o valor de referência estimado em R$68.229.704,70.

*Erramos: anteriormente, inserimos no título dessa matéria o termo “medida provisória”. O correto é “medida cautelar”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

RISA_cerimonia_lancamento_site_2021-04-14

Guarapari: Recanto dos Idosos celebra novo site que divulgará trabalho da instituição

Segundo Irmã Marilza, coordenadora da instituição, site vai dar transparência ao trabalho da instituição

secretária turismo

Pasta do turismo em Guarapari tem nova secretária

Anúncio

Anúncio

Centro-Social-Santa-Mônica

Centro Social em Guarapari mobiliza doações para bazar em prol das famílias atendidas

antígeno es

Covid-19: ES recebe 190 mil testes para identificar rapidamente novos casos positivos

Anúncio

valter_valentim_rifa_celular

Após amputação, morador de Guarapari realiza rifa para iniciar reabilitação física

A venda das rifas vai até o dia 5 de maio

baiano_destaque-edit-2021-04-14

Conhecido como Baiano, dono de restaurante em Guarapari perde a vida para a Covid-19

Ornélio da Silva Santos foi uma das 273 vítimas da doença no município

Anúncio