Anúncio

Moradores de Meaípe protestam contra lentidão em obras no balneário de Guarapari

Por Carolina Brasil

Publicado em 22 de novembro de 2019 às 14:37
Atualizado em 26 de novembro de 2019 às 08:44
Anúncio

Eles reivindicam mais empenho do poder público e alegam preocupação com a proximidade do verão

Cartazes traziam a insatisfação e os questionamentos da população. Fotos: Leitor

Já se sabe que o verão é o período mais aguardado em Guarapari. Porém, a chegada da estação vem aumentando a preocupação de moradores, empresários e comerciantes de Meaípe que, na manhã desta sexta-feira (22), se uniram para protestar sobre o ritmo das obras do muro de contenção e de reurbanização da orla local. “A reivindicação é por empenho, a orla está toda revirada, um lamaçal e está perigoso. O muro que seria uma urgência não foi feito ainda, desde junho, as manilhas colocadas a beira mar estão caindo, queremos ver a obra acontecendo, sabemos que o prazo ainda não terminou, mas não vemos nada evoluir”, relatou Tatiane de Jesus Gomes, comerciante e moradora antiga da região.

Em material enviado a nossa redação, outros participantes mostraram preocupações e insatisfações semelhantes com a situação do local. “A minha decepção é muito grande com a administração municipal”, disse Nhozinho Matos, proprietário de um dos restaurantes mais tradicionais do balneário. “Já tivemos prejuízo no feriado, o turista que não teve nem onde caminhar”, completou Vinícius Brina Gramiscelli, empresário local, se referindo ao 15 de novembro. “A imagem fala por si, é só ver como está”, apontou o empresário Geraldino Nascimento.

Situação do ponto mais crítico da orla, após queda de parte do muro de contenção.

Entramos em contato com a Prefeitura de Guarapari para saber qual seria o posicionamento em relação a situação, questionando o que o município prevê para o verão e os novos prazos para conclusão das obras. Entretanto, não recebemos resposta até a publicação desta reportagem.

Atualização

A Prefeitura de Guarapari enviou nota em resposta a demanda feita inicialmente:

“A Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) informa que o contrato para reconstrução do muro de Meaipe tem o prazo para execução de 120 dias e a previsão de conclusão encontra-se dentro do estipulado. Assim como o contrato de revitalização da orla, que tem 12 meses de duração e a previsão de conclusão também encontra-se dentro do prazo.

A obra de revitalização precisou ser aditivada em função da necessidade de drenagem num trecho dela, como foi acordado em reunião com os próprios moradores, pois algumas casas estavam abaixo do nível da rua. 

No local será feito um rebaixamento de nível da rua e todo o escoamento de água será feito pelo lado do mar. Em função disso, a parte da revitalização teve que aguardar, para que a drenagem seja realizada primeiro. 

Nesta sexta-feira (22) o aditivo, correspondente a drenagem,  foi assinado pelo prefeito e  as obras continuarão conforme cronograma.

Com relação ao muro as obras serão retomadas, assim que o período de chuvas passar.  

“Não é possível trabalhar com obras que envolvem escavações e movimentação de terra com um volume de chuvas desses registrados nos últimos dias, pois tal atitude colocaria em risco todos os envolvidos inclusive a comunidade.”, disse o engenheiro e secretario adjunto da Semop, Roberto Leal Aragão.”

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

coronavírus-550x309-1

Covid-19: 169 pessoas são consideradas doentes em Guarapari

IMAGEM PARA COMPOR O ARTIGO

Artigo: Acordos extrajudiciais trabalhistas em tempo de pandemia

Anúncio
Anúncio
WhatsApp Image 2020-10-05 at 18.57.20

Casal de Guarapari faz sucesso com artesanatos esculpidos em madeira

Angélica Paixao Escola (1)

Escola de Guarapari cria o ‘Clube de Leitura Virtual’

Anúncio
anchieta 2

Anchieta passa para categoria “Baixo” em 28º Mapa de Risco para Covid-19

bf569277-2023-4ee7-a03d-d1fb0d222d70

Morre aos 91 anos Afrodísio Gomes, policial militar mais antigo de Guarapari

O enterro ocorreu nesta tarde (23) e contou com a presença de diversos membros da Polícia Militar, que prestaram homenagens

Anúncio