Anúncio

Moradores voltam a denunciar canil irregular na Praia do Morro, em Guarapari

Segundo relatos, os animais ficam em más condições e são agressivos uns com os outros.

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 16 de dezembro de 2020 às 09:00
Atualizado em 17 de dezembro de 2020 às 08:41

Anúncio

canil pitbull maus tratos animais
Vídeo enviado divulgado nas redes sociais mostrava dois animais atacando um animal já sem vida. Foto: reprodução.

Moradores da Praia do Morro voltaram a denunciar um canil irregular com cães da raça pitbull, na avenida Atlântica. No mês de julho o local foi alvo de denúncias por parte de vizinhos. Na época um vídeo divulgado em redes sociais mostrava dois animais brigando entre si e um terceiro já morto.

Uma moradora da vizinhança que não quis se identificar relatou que o problema continua acontecendo. “A situação incomoda muito, a gente acaba perdendo noites de sono com frequência porque a dona deles não fica sempre aqui. São animais fortes, que acabam quebrando as grades em que ficam. Ela deixa comida às vezes, mas quando acaba eles brigam entre si e os mais fracos acabam morrendo”, explicou.

Ela explica que prefere não se identificar já que a pessoa responsável pelo local é agressiva sempre que alguém tenta abordar o assunto. “Teve moradores que ficaram anos procurando solução e foram ameaçados, até que resolveram se mudar”, contou a moradora. Segundo a denúncia, os animais são utilizados para a reprodução e a venda de filhotes.

Na ocasião, o Centro de Controle de Zoonoses acionou a Polícia Civil do município para acompanhar o caso. Um inquérito foi instaurado na Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras (DIPO) de Guarapari, mas ninguém chegou a ser detido.

Procurada, a Prefeitura informou, em nota, que a situação do local foi verificada pelo Centro de Controle de Zoonozes, com acompanhamento da Polícia Civil, mas nenhuma forma de maus tratos foi constatada na ocasião. A nota informa ainda que o CCZ vai enviar novamente a equipe ao local, para verificação da denúncia.

A Polícia Civil informou em nota, “o inquérito presidido pela Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras (DIPO) de Guarapari foi concluído e encaminhado à justiça, com o indiciamento dos responsáveis pelo canil pelo crime de maus tratos a animais”.

A nota da Polícia Civil também informa que a população deve registrar a ocorrência podendo comparecer a uma delegacia ou realizar o registro por meio da Delegacia Online. “A população também pode contribuir para o trabalho da Polícia de forma anônima através do telefone 181, ou pelo site do Disque-denúncia onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas. O anonimato é garantido e todas as informações são investigadas”, segue a nota.

Confira um dos vídeos enviados à redação no mês de julho:

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

2021_09_20-qualificar-es-galeria-Kainan-Juliana-e-tyago.JPG

Programa Qualificar ES realiza cerimônia de formatura em Guarapari

Praça Trajano (3)

Morador lamenta abandono da Praça Trajano Lino Gonçalves em Guarapari

Anúncio

Anúncio

projeto-escola-rural-2021-09-21-1

Escola Rural de Guarapari trabalha impacto da Educação Física para outras matérias e para a vida

Trabalho envolve professores de diversas matérias e incentiva inclusão e disciplina

ondas

Previsão de ondas de até 5 metros e ventos que podem chegar a 75 km/h no ES

Anúncio

vacina pfizer crianças

ES espera aval da Anvisa para vacinar crianças a partir de 3 anos contra Covid-19

O secretário de Saúde afirmou que a expectativa do governo é que a Sinovac e a Pfizer apresentem a documentação necessária para liberação da vacinação desse público até dezembro

vacinação adolecente

Guarapari vacinará adolescentes a partir dos 12 anos; o agendamento acontece hoje (21)

Anúncio