Anúncio

MP Eleitoral pede 8 anos de inelegibilidade para Carlos Von

Por Larissa Castro

Publicado em 17 de novembro de 2020 às 16:30
Atualizado em 18 de novembro de 2020 às 14:04

Anúncio

Em nome do Ministério Público Eleitoral, a promotora de justiça Valéria Barros Duarte de Morais entrou com uma ação de investigação contra o deputado Estadual e ex-candidato à prefeitura de Guarapari, Carlos Von (Avante), alegando abuso de poder, devido ao uso indevido de carros de som durante campanha eleitoral. Dentre as exigências a serem cumpridas por lei, a inelegibilidade para eleições por oito anos.

A ação oficializada no dia 9 de novembro, foi gerada após o então candidato a prefeito de Guarapari, Carlos Von, ter descumprido por quatro vezes sobre a regra de proibição de carros de som de campanha ligados
em vias públicas, sem a presença do candidatos, passeatas, carreatas ou caminhadas eleitorais, indo contra a Lei N.º 13.488/2017.

Carlos Von teve irregularidades apresentadas à Justiça Eleitoral, durante campanha para prefeito. Foto: Assessoria.

Assim sendo, com a reiteração dos atos irregulares PELA QUARTA VEZ,
outra alternativa não restou ao Ministério Público senão a de ajuizar
esta Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) para reprimir o
abuso do poder perpetrado pela campanha dos requeridos, em conformidade com o disposto na Sentença da Representação nº 0600578-
10.2020.6.08.0024
.”

Motivada ainda em período eleitoral, caso o candidato fosse elegido, correria também o risco de perder o mandato, se condenado através de provas. Apesar de não ter sido eleito para prefeito, Carlos Von corre o risco de não poder se candidatar pelos próximos oito anos.

Assim sendo, necessário, por conseguinte, desencadear a investigação
judicial eleitoral prevista no artigo 22, da LC 64/90, visando a apurar
os referidos fatos e aplicar aos envolvidos as sanções correspondentes,
ou seja, a inelegibilidade para esta e para as eleições a se realizarem
nos próximos oito anos e a cassação do registro das candidaturas, ou o
impedimento da diplomação dos beneficiados, conforme a fase em que se
encontrar o processo eleitoral
“.

O documento solicita o prazo de cinco dias para que a defesa de Carlos Von se manifeste, após receberem a notificação. Segundo a assessoria do deputado, ainda não houve ciência oficial da ação, mas os advogados do então candidato se manifestaram previamente. “Sobre a ação que o Ministério Público entrou na Justiça, embora o candidato Carlos Von ainda não tenha sido notificado no processo, a defesa já se manifestou previamente sobre os fatos.

O vídeo utilizado pela promotoria foi gravado num dia em que Carlos Von e seus colaboradores de campanha estavam em caminhada pelo Centro de Guarapari. Porém, o autor da gravação apenas filmou o veículo com o som ligado, não mostrando o contexto real, o que levou o Ministério Público a erro.

No processo, foram anexadas declarações de testemunhas que presenciaram o ato de campanha. A defesa do candidato pediu o indeferimento da petição, por ausência dos requisitos legais.“, alega.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

curso-qualificar-es-online-2021-08-03

ES abre inscrições para 26 mil vagas em cursos on-line gratuitos de qualificação profissional

Inscrições podem ser realizadas entre os dias 3 e 10 de agosto

crime em Gri

Crime em Guarapari: mulher foi amarrada e torturada antes de ser assassinada

Ana Paula da Silva Barbosa, de 52 anos, foi morta na noite de domingo (1); o marido dela também foi agredido e teve ferimentos na cabeça

Anúncio

Anúncio

Obras-orla-de-meiape-2021-08-03 (4)

Guarapari: carta aberta cobra respostas em relação a atraso de obra na Orla da Praia de Meaípe

Documento foi protocolado na Prefeitura de Guarapari pela Associação de Moradores do Bairro Meaípe

Tempo Integral ES1

Programa Capixaba incentiva implantação de Tempo Integral em escolas municipais

Anúncio

xepa vacina

Guarapari realiza ações de vacinação contra a Covid-19 e a gripe (Influenza)

As segundas doses de AstraZeneca e Coronavac serão aplicadas na quarta-feira (04) e as da gripe, na quarta e na quinta-feira (05)

revsol1

Parceria entre empresa e prefeitura beneficia estradas e ruas de localidades em Guarapari

A ArcelorMittal doará toneladas de Revsol para o município; as primeiras contempladas serão as localidades de Santa Arinda, Limão e Limãozinho

Anúncio