Anúncio

“Não podia perder a fé” diz primeira médica vacinada contra Covid em Guarapari

Em entrevista, Drª Lorena Arrabal, primeira médica vacinada em Guarapari, reforçou a importância da vacinação e da confiança na ciência.

Por Gislan Vitalino

Publicado em 21 de janeiro de 2021 às 16:47
Atualizado em 22 de janeiro de 2021 às 16:45

Anúncio

A vacinação contra a Covid-19 se iniciou hoje (21) no município de Guarapari. Os primeiros a receberem a vacina foram os profissionais de Saúde da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Inicialmente, o município recebeu do Governo do Estado, 712 doses da vacina (primeira dose), essas chegaram no município nesta quarta-feira (20).

A Dra. Lorena Arrabal foi a primeira médica vacinada no município. Em entrevista ao FolhaOnline.es, ela reforçou a importância da vacinação e de se confiar na ciência. “Esse que estamos vivendo é um momento em que as pessoas precisam ter mais confiança na ciência. A vacina é a única opção que temos para enfrentar a Covid-19”, explicou.

Dra. Lorena Arrabal, primeira médica vacinada no município. Foto: divulgação/ PMG.

 Ela acredita que a descrença das pessoas na vacina, por vezes é mais por influência ideológica que pela realidade concreta. “Nós buscamos tanto por uma solução para esse problema, agora as pessoas têm essa solução e acabam questionando por razões políticas.  Enquanto tiver esse questionamento, nós vamos continuar enfrentando esse tipo de problemas”, contou a médica.

Lorena atuou na UPA durante o combate à pandemia do Coronavirus. Ela explica que se apegou a fé para superar os momentos mais difíceis. “Na época, tirei essa foto (abaixo) que amo muito e pra mim representa o que foi essa pandemia. A única coisa que eu não posso perder é a fé que tudo isso vai passar e logo”, revela.

Lorena atuou na UPA durante o combate à pandemia do Coronavirus. Ela explica que se apegou a fé para superar os momentos mais difíceis. Foto: arquivo pessoal.

Para ela, o Sistema Único de Saúde se mostrou essencial no combate à pandemia no Brasil. “Em muitas situações, como casos de extrema emergência, o atendimento do SUS se mostra mais rápido e eficaz; os hospitais de referência para o tratamento de Covid são do SUS; a vacinação das crianças acompanhadas pelo SUS é a mais completa do mundo. São essas coisas que as pessoas esquecem quando criticam um sistema tão essencial”, afirmou Lorena.

Vacinação em Guarapari

Além das equipes da UPA, a primeira etapa contempla as instituições de idosos e de longa permanência, além de hospitais da cidade.

Inicialmente, o município recebeu do Governo do Estado, 712 doses da vacina (primeira dose), essas chegaram no município nesta quarta-feira.  Vale lembrar que essas pessoas, a serem vacinadas agora, irão tomar uma segunda dose em quatro semanas. Para isso, o Governo do Estado garantiu a vacina.

Vacinas entregues a Guarapari. Foto: divulgação/ PMG.

A medida que a ampliação do público-alvo acontecer, o município de Guarapari criará pontos específicos para atender a população. O município estuda a possibilidade de criação do Drive-Thru, caso seja disponibilizado maior quantitativo. Em relação ao agendamento online, o município também já está providenciando esta ferramenta tecnológica, para que a população possa contar com mais esse serviço, facilitando a logística da campanha.

*Com informações de Prefeitura Municipal de Guarapari.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

2021_09_20-qualificar-es-galeria-Kainan-Juliana-e-tyago.JPG

Programa Qualificar ES realiza cerimônia de formatura em Guarapari

Praça Trajano (3)

Morador lamenta abandono da Praça Trajano Lino Gonçalves em Guarapari

Anúncio

Anúncio

projeto-escola-rural-2021-09-21-1

Escola Rural de Guarapari trabalha impacto da Educação Física para outras matérias e para a vida

Trabalho envolve professores de diversas matérias e incentiva inclusão e disciplina

ondas

Previsão de ondas de até 5 metros e ventos que podem chegar a 75 km/h no ES

Anúncio

vacina pfizer crianças

ES espera aval da Anvisa para vacinar crianças a partir de 3 anos contra Covid-19

O secretário de Saúde afirmou que a expectativa do governo é que a Sinovac e a Pfizer apresentem a documentação necessária para liberação da vacinação desse público até dezembro

vacinação adolecente

Guarapari vacinará adolescentes a partir dos 12 anos; o agendamento acontece hoje (21)

Anúncio