Anúncio

Natação Rachel Passos de volta a Guarapari

Por Livia Rangel

Publicado em 7 de abril de 2015 às 12:24
Atualizado em 7 de abril de 2015 às 12:24

Anúncio

fotoRachel Passos é mineira apenas por acaso. Foi em Guarapari que ela viveu e fez toda uma vida. Manteve, durante 23 anos, a Academia Rachel, onde o carro chefe foi sempre a natação infantil.

Por razões pessoais, resolveu experimentar o mercado de Vitória, onde hoje sua marca é  sucesso depois de oito anos de intensa dedicação ao que mais gosta e sabe fazer: dar autonomia às crianças em atividades na água.

Agora, mantém os negócios estáveis em Vitória e traz para Guarapari uma filial da Natação Rachel Passos, em parceira com a Academia Corpus, no Parque da Areia Preta.

Nessa entrevista, ela fala do retorno à cidade onde fez família e nome.

Folha da Cidade – Por que o interesse em voltar?

Rachel Passos – Guarapari me deu praticamente tudo o que eu tenho. Era justo voltar e retribuir à cidade mais do conhecimento que amealhei nesses últimos anos, aperfeiçoando técnicas e conhecimento. A cidade tem, com isso, meu trabalho e meu carinho.

FC – Em que sentido a natação infantil evoluiu nesses anos em que você esteve fora, pesquisando novas técnicas?

Considero importante frisar que me associei à metodologia Gustavo Borges, campeão Olímpico Nacional, que mantém academias credenciadas no Brasil inteiro. No Espírito Santo fui a primeira delas. O que mais marca essa metodologia é que ela prioriza uma equipe multidisciplinar de profissionais, que vai do pediatra ao psicomotricista. Isso equivale a dizer que a criança terá, além das técnicas de natação, todo o suporte de uma equipe altamente especializada e que detém o que há de mais moderno no mundo, levando em conta, inclusive, os aspectos emocionais de cada criança. É preciso reconhecer que elas têm demandas diferenciadas. Cada uma é única e terá acompanhamento de acordo com suas particularidades.

FC – A partir de que idade esse trabalho pode ser feito?

O ideal é que seja a partir do sexto mês, depois da criança estar coberta com as vacinas fundamentais. Após, entre um ano e um ano e meio, o bebê começa a ter autonomia na água.

FC – O que você aponta como mais importante na natação?

A natação deixou de ser apenas uma atividade esportiva, para se tornar algo essencial à segurança, à medida que o mundo infantil está sempre cercado de água, visto que moramos numa região quente, onde há além dos banhos de mar, piscinas em muitas casas e eventos sociais.

FC – Você tem casos marcantes para contar?

Inúmeros. No mais recente deles, o pai de dois alunos que praticaram natação comigo entre os quatro e seis anos fez questão de voltar com os filhos depois de um evento ocorrido em Cancun, no México. Os três brincavam num banco de areia, quando foram surpreendidos com uma onda que os cobriu e os arremessou ao mar, numa distância de cerca de 300 metros da praia. O pai conseguiu fazer com que os filhos viessem nadando ao lado dele, usando os recursos adquiridos nas aulas, ao mesmo tempo em que os encorajava com palavras, até que estivessem salvos. Assim que chegou ao Brasil, foi à academia Hangar, localizada na Praia do Canto, onde mantenho minha estrutura, contar o episódio, agradecer a mim e a minha equipe, e imediatamente rematriculou os dois filhos. Casos assim me deixam com a sensação de estar servindo ao outro, garantindo vidas. E é isso que farei a partir desse meu retorno a Guarapari. Agora ainda mais segura graças aos recursos adquiridos ao longo desses anos.  E devo frisar que isso me traz grande alegria. Estou feliz!

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

gato theo1

Dono pede ajuda para encontrar gato perdido em Guarapari

Coopruvab-Edital-AGO-exercicio-2020

EDITAL DE CONVOCAÇÃO – ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

Anúncio

Anúncio

Katia autonoma2

Autônoma de Guarapari perde luta contra o câncer

Kátia estava há 4 anos na fila do transplante de fígado e descobriu um câncer no início do ano

DER Rodovia Sol

Projeto das obras em Meaípe engloba píer e recuperação da rodovia em Guarapari

Os serviços de contenção e restauração de Meaípe tem o valor estimado de R$68.229.704,70

Anúncio

30/10/2020
REUTERS/Dado Ruvic/Foto ilustrativa

Anchieta inicia amanhã (02) vacinação de trabalhadores da Saúde contra Covid-19

As vacinas serão administradas no auditório da Estratégia de Saúde Centro 3 (ESF 3)

vacina_idosos_idosa_guarapari_divulgacao

Guarapari inicia vacinação de idosos entre 80 e 84 amanhã (01)

Vacina acontecerá entre os dias 01 e 03 de março, de 08h às 12h, em Drive Thru, no Complexo Esportivo Maurice Santos, em Muquiçaba

Anúncio