Anúncio

Obra do Hospital Cidade Saúde pode ser retomada

Por Livia Rangel

Publicado em 29 de dezembro de 2016 às 14:41
Atualizado em 29 de dezembro de 2016 às 14:43
Anúncio
hospital 1

Construção estava assim, antes de ser suspensa em setembro deste ano. Foto de arquivo.

Às vésperas do fim da atual gestão municipal, uma das principais promessas de campanha ganha um novo capítulo. A construção do Hospital Maternidade Cidade Saúde pode ser finalmente retomada.

A obra estava suspensa desde setembro deste ano, quando a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) apontou 34 erros graves no projeto e exigiu a sua readequação. Caso a Prefeitura não acatasse as recomendações, o órgão alertou que não assumiria e nem concederia o alvará de funcionamento.

Foi contratado um escritório de arquitetura para refazer o projeto e que agora foi finalmente concluído. Em nota publicada nesta terça (28), a Prefeitura afirmou que o “projeto foi adequado/ajustado de acordo com as considerações da Secretaria de Estado da Saúde, gestora do hospital, e a obra já pode ser retomada. Um investimento que a cidade tanto espera e necessita, uma vez que a Atenção Básica teve um expressivo crescimento nesse período”.

Segundo a Administração, o Hospital exigiu muita atenção nestes quatro anos. “A obra mesmo sendo lançada não foi possível ser concretizada em função de uma série de problemas no projeto inicial que provocou um grande atraso na obra”, justificou.

Em cinco anos entre idas e vindas, foram poucos os avanços no local onde já existia uma estrutura erguida no loteamento dos Adventistas na Praia do Morro.

“Pai” do projeto inicial, o prefeito eleito Edson Magalhães, já informou que a retomada da obra não será tão fácil e deu indícios que haverá novos atrasos. Quando questionado sobre o projeto em coletiva de imprensa, ele foi categórico: “Vamos revogar essa licitação que aconteceu e em um ano nada foi construído. Tinha um valor de R$ 15 milhões e três meses depois passou para R$ 19 milhões. Temos que tratar a questão da cidade de forma equilibrada que cada um possa responder pelo o que é de fato responsabilidade do município e do estado segundo a regulação do SUS. A nossa é com atenção básica”.

[box style=”1″]

O HOSPITAL 

Hospital_e_Maternidade_Cidade_SadeCom capacidade para 170 leitos, o Hospital e Maternidade Cidade Saúde terá  UTI Neonatal, Pediátrica e Adulto. Abrange também serviço de pronto socorro geral adulto e infantil, atendimento nas especialidades de traumato-ortopedia, cardiologia, cirurgia, neurologia, obstetrícia, urgência e emergência, centro de tratamento de queimados e maternidade com parto humanizado. Além de serviços de diagnóstico por imagem e laboratorial. A estrutura contaria com três pavimentos e um heliponto na cobertura. Atualmente, a obra está orçada em R$ 19.747.066,92, com recursos do Governo do Estado e Administração Municipal. [/box]

Anúncio
Anúncio

Veja também

corona

Coronavírus: Guarapari registra 12º óbito e mais 10 casos da doença

A vítima fatal da doença residia no Centro

CTA

Centro de Testagem e Aconselhamento vira alvo de denúncias em Guarapari

Anúncio
Anúncio
Lucineia Santos de Souza. Foto: Arquivo Pessoal

Moradora de Guarapari já produziu e doou mais de 500 máscaras para famílias carentes

Com um saco de retalhos e um rolo de elástico, Lucineia Santos resolveu ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social a se protegerem da Covid-19

homicidio

Número de homicídios no ES reduz em maio e atinge melhor número dos últimos 24 anos

Anúncio
abertura de em presas

ES está entre os 12 estados com menor tempo de espera para abertura de novas empresas

cão4

Pandemia faz número de adoção de cães e gatos crescer em Guarapari