Anúncio

Oito empresas vão operar o sistema de videomonitoramento

Por Glenda Machado

Publicado em 12 de fevereiro de 2015 às 17:54
Atualizado em 12 de fevereiro de 2015 às 17:54

Anúncio

CCmeras_videomonitoramento1

Parece que finalmente a novela do videomonitoramento vai ter um final feliz. Depois de cancelar o processo licitatório realizado no início do ano passado, a nova licitação foi concluída na semana passada. Oito empresas vão operar o sistema de videomonitoramento em Guarapari.

“Na primeira licitação, a prefeitura observou que mesmo fazendo pregão eletrônico, os equipamentos estavam com preços acima do praticado no mercado e para garantir a economia dos recursos públicos e lisura na administração, o processo foi anulado”, conta o secretário Municipal de Desenvolvimento e Expansão Econômica (Sedec), Danilo Porto.

No entanto, ele explica que a empresa vencedora entrou com mandado de segurança em junho e a prefeitura teve que cumprir liminar judicial até dezembro, o que impedia a abertura de novos certames. “Assim que obtivemos liberação judicial, lançamos o novo edital em dezembro mesmo”.

São 80 câmeras distribuídas por todo o município, cujos pontos não são divulgados para não atrapalhar o esquema de segurança. Mas basta olhar para cima em alguns lugares para encontrá-las como Centro, Prainha, Praia do Morro, Aeroporto e Muquiçaba. Esses pontos de instalação foram divididos em oito blocos no edital e cada um teve uma empresa vencedora.

A mão de obra também já foi convocada. No total, 50 operadores vão atuar no serviço. Os aprovados em processo seletivo já foram convocados, mas 12 não compareceram e foram automaticamente desclassificados. “Já fizemos uma sexta convocação que preencheu mais seis vagas e ontem fizemos uma nova convocação para preencher as outras seis. São contratos de seis meses que podem ser prorrogados por mais seis meses”.

Mas, o secretário, já adianta que o edital do concurso público deve ser lançado até abril deste ano. “Estamos contratando uma empresa para realizar esse concurso público que vai preencher todas as vagas relacionadas ao sistema de videomonitoramento, desde a parte administrativa até a operacionalização”, afirma.

Os convocados começarão a ser capacitados a partir da primeira semana de março e a inauguração do sistema está prevista para acontecer entre o dia 23 a 27 de março. “A Central já está toda equipada e montada no Ed. Praia da Maruja na Av. Oceânica na Praia do Morro”, conta.

Segundo ele, está faltando apenas os equipamentos de tecnologia de informática que serão disponibilizadas pelas empresas vencedoras. “A ordem de compra será dada ainda nesta semana. Depois, cada empresa tem um prazo de 10 dias para providenciar todos os equipamentos previstos no edital”, explica.

Será um serviço 24h, ligado direto ao Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes) da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp). Um trabalho realizado em parceria entre a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

“Um investimento que vai gerar uma despesa de custeio anual para o município de R$ 1,2 milhão. Mas que vem para atender uma antiga reivindicação da população que o prefeito Orly Gomes incluiu em seu plano de governo e está cumprindo em sua administração que é trazer mais segurança para a nossa cidade”, destaca o secretário.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp-Image-2021-12-03-at-5.53.51-PM-1

84° Mapa de Risco Covid-19: ES continua em Risco Baixo na próxima semana

creches-guarapari-2021

Prefeitura autoriza obras de mais uma creche em Guarapari

Considerando as assinaturas de ordem de serviço realizadas na última sexta-feira (26), são 05 obras autorizadas em uma semana

Anúncio

Anúncio

Casa de apoio Hifa

Hifa Guarapari está entre entidades beneficiadas por programa do Governo do ES

Hospital Infantil Francisco de Assis é uma das entidades que podem receber recursos do programa Nota Fiscal Premiada

DCIM\107MEDIA\DJI_0024.JPG

Samarco direcionou R$ 587 mi. para fornecedores de Anchieta e áreas de atuação

Empresa realizou balanço de um ano do programa Força Local, que desenvolve empresas para integrarem o quadro de fornecedores da Samarco

Anúncio

Anchieta-Credito-da-Foto-Andrews-Quinteiro_

Anchieta é lançada na rota do turismo nacional

radium-arquvo-foes

Radium Hotel vai sediar museu e escola técnica voltados para turismo em Guarapari

Anúncio